Dores crônicas podem ser ocasionadas por automedicação, alerta médico

Da Redação*

Publicado em 26/01/2022 às 12:41

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O médico neurocirurgião Luiz Severo falou nesta quarta-feira (26), em entrevista a uma emissora de rádio, sobre pessoas que têm dores crônicas, dores que persistem mais de um mês.

As dores podem ser ocasionadas por doenças como câncer, artrite reumatoide, diabetes e hérnia de disco.

“Tem uma pesquisa do Ibope que avaliou quase 10 mil pessoas durante o período da pandemia e rastreou quais eram as principais causas das dores crônicas, que persistem por mais de três meses. A primeira foi a dor de cabeça, dor lombar e dor cervical”, disse.

Luiz aconselha os pacientes que têm dores de cabeça e dores no corpo a procurar um médico especialista.

Além disso, ele faz um alerta contra a automedicação, que pode provocar reações alérgicas e efeitos colaterais.

“A automedicação expõe o paciente a eventos adversos. A pessoa que toma todo dia um analgésico, até para não ter dor, gera um tipo de dor”, concluiu.

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube