Política

Bruno Cunha Lima critica a “revogação esdrúxula” da Câmara de Campina Grande

Da Redação*
Publicado em 4 de maio de 2024 às 19:58

bruno cunha lima

Foto: ParaibaOnline

Continua depois da publicidade

O prefeito Bruno Cunha Lima (União Brasil) listou ontem, durante entrevista, as obras que serão executadas com a operação de crédito firmada com uma comunidade financeira internacional (Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata), da ordem de 52 milhões de dólares.

Bruno realçou inicialmente “pessoas que têm sentimento de grandeza”, se referindo aos senadores Veneziano Vital (MDB) e Efraim Filho (UB), que estavam presentes ao evento e que foram decisivos para a liberação dos recursos, cuja oficialização foi divulgada na edição de ontem do Diário Oficial da União.

“São (os citados senadores) representantes de Campina. Não posso deixar de fazer esse agradecimento”, adendou.

BCL igualmente lamentou o que chamou de “tentativas de alguns de tentar impedir o crescimento da cidade”.

“Muitas forças tentaram impedir”, reforçou.

Ele também se reportou à ação da bancada de oposição no Legislativo campinense, que revogou (dias atrás) a autorização para a celebração da operação de crédito.

“Foi uma revogação esdrúxula, com uma votação a toque de caixa”, enfatizou BCL, acrescentando que “não tentaram prejudicar o prefeito, mas Campina Grande”.

O prefeito pontificou que “o meu foco é olhar pra frente, construir o futuro de Campina”.

Sobre os próximos passos desse volumoso crédito internacional, o prefeito disse que as licitações para as obras terão que ser obrigatoriamente internacionais, por norma do organismo financiador.

Conforme a sua projeção, o contrato deverá ser firmado em até 20 dias.

*notas da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza.

Para ler a edição completa deste sábado, acesse aqui.

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!

ParaibaOnline

© 2003 - 2024 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.