Romero confirma surpresa com intervenção no PSD e classifica ato como “grosseiro”

Da Redação

Publicado em 29/03/2022 às 13:16

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Campina Grande e pré-candidato a deputado federal, Romero Rodrigues, revelou que foi pego de surpresa com o anúncio de que a senadora Daniella Ribeiro irá presidir o PSD na Paraíba, missão que até então era sua.

Romero avaliou que o ato foi “grosseiro” e “jogo sujo”, tendo em vista que tem trabalhado na construção das chapas e apenas três dias para a definição de mudança partidária.

Ele lembrou, em entrevista a uma emissora de rádio, que chegou a ajudar na construção do mandato da senadora Daniella Ribeiro e agora se depara com um “golpe na democracia”.

De acordo com Romero, o processo de agora em diante será de seguir em frente, pois não é de seu feitio guardar raiva ou rancor no coração. Também citou que, em um processo eleitoral, quem define o resultado é a população.

“Vejo com muita tristeza esse tipo de ato na política, de arquitetar compreendendo que você consegue sobrepor a soberania do povo em um processo eleitoral. Eu não faria isso nem com um inimigo. Estou sendo expurgado do partido”, disse.

O ex-prefeito revelou ainda que o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, o contatou e sugeriu que ele ficasse no partido, pois “dava para conciliar”.

“Não tinha como eu continuar, porque eu convidei o grupo e o grupo, tanto quanto eu, teria que ter segurança partidária”, pontou.

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube