Policial

MPPB consegue condenação de ré por homicídio qualificado

Da Redação com Ascom
Publicado em 12 de junho de 2024 às 17:02

ministério público paraíba

Foto: Ascom/MPPB

Continua depois da publicidade

O Ministério Público da Paraíba conseguiu a condenação de Ivonete Pereira da Silva por homicídio qualificado a uma pena de 15 anos, quatro meses e sete dias de reclusão.

O julgamento foi realizado nessa terça-feira (11/06), no 1º Tribunal do Júri de Campina Grande, e teve como representantes do MPPB os promotores de Justiça Osvaldo Lopes Barbosa e Ernani Lucas Menezes.

O conselho de sentença acatou a tese do MPPB e condenou a mulher por homicídio qualificado, por motivo torpe, por meio cruel e mediante recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa do ofendido.

A ré foi acusada de matar o próprio filho, um jovem de 21 anos, com síndrome de down e paralisia cerebral, ao jogá-lo dentro de uma cisterna do sítio em que morava, na zona rural do município de Massaranduba. O crime ocorreu em setembro de 2016.

A Justiça determinou que a pena seja cumprida inicialmente em regime fechado, no Presídio do Feminino da Comarca de Campina Grande, ou outro estabelecimento prisional a ser indicado pelo Juízo das Execuções.

Segundo o promotor de Justiça, a condenação atendeu a expectativa da Promotoria de Justiça, com acolhimento da tese da acusação e decretação de prisão em plenário.

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!

ParaibaOnline

© 2003 - 2024 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.