Paraíba

Operadora de plano de saúde é alvo denúncia no Procon de Campina Grande

Da Redação com Codecom/CG
Publicado em 18 de junho de 2024 às 16:29

2024 Unimed Procon

Foto: Codecom/CG

Continua depois da publicidade

O Procon de Campina Grande recebeu na manhã desta terça-feira, 18, duas denúncias de consumidores insatisfeitos com a má prestação de serviços de uma operadora de plano de saúde.

As reclamações eram com relação a demora no atendimento presencial, por mais de 1h, e a falta de informações.

“O conflito foi resolvido de imediato e os consumidores saíram satisfeitos com o trabalho do órgão“, destacou o coordenador do Procon Municipal, Waldeny Santana.

Segundo Waldeny Santana, o setor de Fiscalização do Procon-CG recebeu reclamações de que a operadora de plano de saúde não estava obedecendo a Lei da Fila (Lei Estadual 9.432/2011) que dispõe sobre o tempo de espera para atendimento dos consumidores) nem o Artigo 20, parágrafo 2, do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que trata da qualidade da prestação de serviços.

“Duas idosas estavam há mais de uma hora aguardando para serem atendidas no setor financeiro, que só tinha uma pessoa atendendo. E uma senhora que estava tentando, sem sucesso, resolver um problema da carteira do convênio que era de outro município, na modalidade intercâmbio”, explicou o coordenador do Procon Municipal.

Nas duas ocorrências, os fiscais do Procon-CG buscaram o diálogo com a gerente da operadora de plano de saúde, solicitando que disponibilizasse mais profissionais para garantir o atendimento dos consumidores que buscavam realizar pagamentos. E que também fosse resolvido o problema da consumidora que estava sendo impedida de obter atendimento médico, devido a um erro no sistema nacional de registro de consultas da operadora.

“A consumidora, de outro município, estava com o plano regularizado. No entanto, o sistema negava a consulta por um erro do programa, causando constrangimento à usuária do serviço”, destacou Waldeny. Ele informou, que os problemas foram resolvidos de forma célere pelos fiscais do órgão e que não foi necessária a abertura de processo administrativo.

Para a consumidora com problema para conseguir a consulta médica, a chegada da equipe do Procon-CG, à sede da operadora de plano de saúde, representou a solução de um problema que nenhum atendente conseguia resolver.

“Eu estava passando de setor em setor, tentando liberar a consulta. Mas sem sucesso. Na hora que o Procon-CG chegou, rapidinho identificaram que a minha situação estava regularizada e liberaram a consulta. Quero parabenizar toda a equipe do Procon-CG pelo apoio”, agradeceu a consumidora. A operadora se comprometeu a reforçar a rede de atendimento ao consumidor.

O Procon de Campina Grande recebe reclamações dos consumidores pelos telefones do Setor de Fiscalização (83) 98185.8168 e (83) 98186.3609; pelas redes sociais e também presencialmente, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, na sede do órgão, localizada na rua Prefeito Ernani Lauritzen, no centro da cidade.

 

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!

ParaibaOnline

© 2003 - 2024 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.