Paraíba

Detran da Paraíba vai leiloar 4 mil carros inservíveis

Da Redação
Publicado em 4 de março de 2024 às 19:56

carro para leilão do detran pb

Foto: Secom/PB

Continua depois da publicidade

O Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) deu início, nesta segunda-feira (4), ao processo de retirada de mais de mil toneladas de sucatas inservíveis que se encontram no pátio da sede do órgão, em Mangabeira VII, na capital.

O trabalho é fruto do último leilão realizado pela autarquia, no dia 9 de fevereiro, sendo o primeiro leilão eletrônico para veículos nessa modalidade.

São mais de 4.000 veículos inservíveis que lotam os pátios do Detran há mais de 10 anos, aglomerando lixo e insetos. Assim, o leilão teve a finalidade de esvaziar esses pátios, levando em consideração a questão de saúde ambiental, em especial o combate à proliferação do mosquito da dengue.

Segundo a diretora de Operações do Detran-PB, Roberta Neiva, esvaziar os pátios do Detran é um sonho que está sendo realizado.

“Nós estamos vindo de uma caminhada de quase 3 anos, num processo de alienação dos veículos que estavam abandonados nos pátios, sem que houvesse uma definição do destino que seria dado a eles. Então hoje, quando a gente começa a ver as máquinas retirando todo o material inservível, todo o ferro velho retorcido que estava abandonado aqui, é uma grande vitória”, enfatizou.

Ela destacou que é uma vitória dos servidores do Detran que auxiliaram, que trabalharam arduamente para que esse momento fosse realizado.

“Apesar de o Detran realizar um leilão eletrônico, onde tudo acontece virtualmente, essa parte é só um fragmento do processo. O processo começa com homens que vão, no sol ou na chuva, para cada pátio, para fazer o levantamento de cada veículo, para que haja a construção do processo de leilão. Então eu quero agradecer imensamente a todos aqueles que confiaram e que sonharam junto conosco esse momento”, observou.

Para ela, “essas pessoas acreditaram que os pátios poderiam ser esvaziados, tornando-se um ambiente hígido, um ambiente controlado para que houvesse a extinção de besouros, de bichos, que causavam doenças não só aos servidores, mas também à população no derredor de cada pátio. Então, é o meu agradecimento para aqueles que embarcaram nesse sonho e hoje estão vendo o sonho sendo realizado”, concluiu a diretora Roberta Neiva.

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!

ParaibaOnline

© 2003 - 2024 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.