Colunista alerta sobre definhamento de unidade da Coteminas

Da Redação

Publicado em 27/06/2022 às 21:20

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Foto: Ascom

Foto: Ascom

A chegada do grupo mineiro Coteminas a Campina Grande, há algumas décadas, sob o comando do empresário José de Alencar – que viria a se tornar posteriormente vice-presidente da República -, demarcou um importante marco no setor industrial paraibano.  

O investimento na área têxtil do grupo responsável pela Embratex na cidade não foi superior devido às limitações locais em termos de oferta d´água, em escala industrial. 

Pois bem, é esta empresa icônica no desenvolvimento industrial da Paraíba, na virada do século, que está definhando no distrito industrial campinense, com a inércia e/ou desconhecimento do poder público.

Até agora, quase nada de útil se observou no tocante à discussão sensata, racional, produtiva e efetiva sobre a Paraíba que queremos, da parte dos candidatos que se habilitam a governá-la a partir de janeiro próximo.

Radiografar quais as demandas, fragilidades e reivindicações do segmento industrial – a começar pela ´salvação´ da Embratex enquanto indústria ativa e próspera – talvez seja o começo da guinada em respeito ao eleitor, que tem na criação de empregos e na geração de renda um postulado permanente, diretamente ligado à sua sobrevivência. 

*com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Para ler a edição completa desta segunda-feira, acesse aqui:

https://paraibaonline.com.br/aparte/paraiba-um-alerta-antes-que-seja-tarde/ 

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube