TRE da Paraíba cassa mandato de três deputados estaduais por fraude na cota de gênero

Da Redação

Publicado em 26/05/2022 às 20:46

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

Os deputados estaduais Chió (REDE), Bosco Carneiro Júnior (Republicanos) e Dr Érico Alencar (MDB) tiveram os mandatos cassados durante a sessão do Tribunal Regional Eleitoral realizada nesta quinta-feira (26) .

A Corte Eleitoral julgou, à unanimidade, parcialmente procedente a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), sob a relatoria do juiz Fábio Leandro de Alencar Cunha, reconhecendo fraude na cota de gênero, com a consequente anulação dos votos atribuídos à Coligação A Força do Trabalho V e às respectivas legendas, e a retotalização dos quocientes eleitoral e partidário.

O TRE-PB determinou ainda a cassação dos registros dos deputados em decorrência das candidaturas fictícias de Alcelina Bernardo dos Santos, Maria Campos de Lacerda, Joseane Soares da Silva, Yohanie Stephane Souza de Melo, Maria Delzane Bezerra de Souza e Lilian da Silva Bandeira, candidatas a deputada estadual nas eleições de 2018.

Apesar da decisão do TRE em penalizar os parlamentares no exercício do atual mandato, ela não impede que eles permaneçam no cargo enquanto recorrerão ao Tribunal Superior Eleitoral, também não trará nenhum impeditivo para que eles concorram às eleições deste ano.

“Continuamos aptos a permanecer com nossas pré-candidaturas e a disputar normalmente o pleito em Outubro”, informaram os deputados.

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube