Ministério Público Eleitoral quer a cassação de vereadores campinenses

Da Redação

Publicado em 13/05/2022 às 19:54

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!

Foto: Reprodução/Instagram

O parecer do Ministério Público Eleitoral em Campina Grande, por intermédio do procurador de justiça Oswaldo Lopes Barbosa (foto), é pela constatação da existência de ´candidaturas laranjas´ femininas no pleito de 2020 na cidade.

O parecer aponta nessa situação duas candidaturas do antigo Democratas e pede a cassação dos diplomas dos eleitos pela legenda (Dinho e Waldeny Santana), como também dos suplentes. 

Oswaldo pontifica que “há provas robustas e contundentes da fraude à cota de gênero”.

Uma sentença eventualmente em consonância com o parecer do Ministério Público implicaria na mudança da atual composição do Legislativo campinense.

*com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza

Para ler a coluna completa desta sexta-feira, acesse aqui: 

Aparte: Pesquisa da ´superfície´ no Brasil (paraibaonline.com.br) 

 

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube