...

Campina Grande - PB

Suspeito de praticar fraudes contra servidores públicos é preso em JP

17/03/2017 às 17:33

Fonte: Da Redação com Secom/PB

Policiais Civis da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa prenderam, no final da manhã desta sexta-feira (17), mais um suspeito de estelionato.

Fabio do Nascimento, 44 anos, aparece nos levantamentos policiais como integrante de uma associação criminosa especializada em praticar fraudes contra servidores públicos.

Ele foi preso em uma residência no bairro de Oitizeiro, na Capital.

Fabio do Nascimento já havia sido denunciado por praticar um golpe de mais de R$ 20 mil contra um servidor estadual.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

No dia 13 de fevereiro deste ano, o suspeito foi preso e autuado por lesar um capitão da Polícia Militar que teve um prejuízo estimado em R$ 40 mil.

Na época, o suspeito recebeu uma tornozeleira eletrônica. Ele ainda estava usando o equipamento de monitoramento quando foi preso mais uma vez pelos agentes de investigação da Delegacia de Defraudações e Falsificações.

Como da outra vez, a polícia chegou ao suspeito depois de uma denúncia feita por uma vítima.

“Um auditor da Receita Estadual da Paraíba procurou a Delegacia informando ter descoberto a utilização indevida de seu nome para uma série de contratações.

A equipe da DDF foi até o endereço informado nas prestações de serviços e encontraram equipamentos de internet e TV por assinatura contratados em nome do auditor e aí chegamos a Fabio”, falou o delegado Lucas Sá.

Fabio Nascimento já foi preso em 2012 por praticar fraudes contra servidores.

As investigações mostraram que ele, junto com outros integrantes do grupo criminoso que também foram presos na época, acessava o sistema de informação dos funcionários públicos e fazia a emissão de contracheques. Com os dados das vítimas, eles contratavam serviços e contraíam empréstimos.

Agora ele vai responder pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica e será encaminhado na segunda feira (20) para a audiência de custódia. Até lá ele vai ficar recolhido na carceragem da Central de Polícia no Geisel.

Veja também

Comentários