Covid aumenta em Campina Grande no mês de junho, mas casos são considerados leves

Da Redação

Publicado em 05/07/2022 às 0:29

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!

A Secretaria de Saúde de Campina Grande divulgou um balanço do número de atendimentos realizados no mês de junho, nos equipamentos municipais de saúde, referentes a casos suspeitos e confirmados de covid-19.

De primeiro de junho a primeiro de julho foram realizados na rede, 7.618 testes de vários tipos. Destes, 25% deram positivo, o que equivale a 2050 casos.

O relatório mostrou que, com a realização do Maior São João do Mundo e o aumento no número de pessoas transitando na cidade, o vírus voltou a circular, porém os índices de infestação seguem em baixa, em torno de 1%.

Foto: Codecom/CG

Foto: Codecom/CG

Ainda de acordo com o relatório, parte dos testes foram feitos de maneira aleatória, como que por amostragem, sendo no Parque do Povo, em Galante, em shows privados, na rodoviária. Nestes locais foram realizados 780 testes e 93 positivaram, o que equivale a 12% .

Já quando os testes foram realizados nas unidades de saúde, o mais comum é que fossem confirmados, é o caso do Hospital Pedro I, onde foram realizados 4434 testes, sendo 1425 positivos.

Na Upa do Alto Branco, dos 926 testes, 200 positivaram. Na Upa do Dinamérica, foram realizados 800 testes e 197 foram positivos.

No Hospital Dr Edgley, 411 testes e 86 positivos. No ISEA, 205 sendo sete positivos. Já no Hospital da Criança, foram realizados 62 e 12 deram positivo.

Do total, mais de 2 mil pessoas positivaram em Campina Grande, sendo que apenas 1% precisaram de internação. Atualmente a cidade possui 12 pacientes internados em enfermaria e 11 em UTI.

Os casos são considerados leves e, segundo a Secretaria de Saúde, isso se deu devido à vacinação.

*Com informações da TV Cabo Branco.

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube