Alunos do Sesi desenvolvem ‘jujuba’ para paciente recuperar o paladar

Da Redação com Ascom

Publicado em 22/05/2022 às 20:06

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Foto: Ascom

Foto: Ascom

O tratamento contra o câncer é doloroso e afeta não apenas a saúde mental, como também provoca efeitos colaterais no corpo. 

Durante a quimioterapia ou radioterapia, intervenções comumente usadas em pacientes oncológicos, pode haver queda de cabelo, náuseas, fadiga, perda de apetite, feridas na boca, entre outras implicações. 

Para reduzir os impactos causados por esses tratamentos e, consequentemente, melhorar a qualidade de vida desses pacientes, os estudantes Gustavo Henrique, Cailany Cavalcante e Marialice Gomes, da escola do Serviço Social da Indústria (SESI) de Natal (RN), e Dailton Lima e Elton Oliveira, do SESI São Gonçalo do mesmo estado, criaram a jujuba Nutrinim. 

Fabricada a partir de três princípios ativos: óleo essencial de hortelã pimenta, óleo essencial de tangerina e glutamato monossódico; a jujuba estimula as glândulas salivares e as papilas gustativas da língua, o que promove o descongestionamento das vias aéreas e proporciona, em poucos minutos, o retorno do paladar. 

O projeto conquistou uma série de premiações desde a sua criação, entre eles: o primeiro lugar da Olimpíada do Futuro 2020; o primeiro lugar do Prêmio Evolução da Olimpíada do Futuro 2021; o segundo lugar da Feira Ciência Jovem 2021, na Categoria Desenvolvimento Tecnológico; foi finalista da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) 2022; recebeu credenciamento para o ESI AMLAT 2022, além de conquistas de medalhas individuais dos estudantes. 

 

Gosta de forró?

Então acesse a rádio junina do Paraibaonline.

24 horas de músicas

Acesse pelo aplicativo Rádio Net (Rádio Campina no Ar)

 

Ou pelo endereço eletrônico:

www.campinanoar.com.br

 

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube