Da Redação - Publicado em 11/06/2017 às 07:39

Prefeitura de Campina antecipa show de Pablo deste domingo

foto: divulgação

O cantor Pablo, conhecido em todo o país pelo romantismo e por ser um dos precursores do estilo ‘Arrocha’, vai animar a noite dos forrozeiros no Parque do Povo a partir das 20h deste domingo, 11 de junho.

O horário do show dele foi antecipado pela empresa Aliança, em harmonia com a Prefeitura de Campina Grande. O objetivo é aproveitar ainda melhor o início da festa neste domingo e, ao mesmo tempo, cumprir as recomendações do Ministério Público e demais órgãos, que orientam para que o encerramento das apresentações seja feito com a maior brevidade possível aos domingos.

Além de Pablo também fazem parte da programação o cantor Gegê Bismark e o cantor Galã do forró. A expectativa é de que eles levem uma multidão para o Quartel General do Forró. O romantismo de Pablo vai embalar e antecipar o Dia dos Namorados, 12 de junho, que terá como atrações principais Thaeme e Thiago, Tayrone e Alexandre Tan.

 “Arrocha”. Foi através deste termo na antiga seresta, em 2000, na cidade de Candeias (BA), que nasceu o gênero que está espalhado pelos quatro cantos do mundo. Acidentalmente, Pablo comemora até hoje sua criação na música, que se disseminou e vem trazendo cada dia mais outros estilos musicais ao seu ritmo.

Com 5 Cds oficiais pela gravadora Som Livre, 4 Dvds, o criador do arrocha ou o rei da sofrência, como é conhecido pelo público, vem colecionando uma legião de fãs e novas parcerias artísticas, ano após ano.

De 16 anos para cá, muita coisa mudou na carreira da “voz romântica”, como se intitula Pablo, por conta de seu tom suave. O artista, que foi descoberto profissionalmente aos 15 anos de idade, nem sempre teve a vida só de sucesso. Aos 6 anos, Pablo começou a cantar na noite, ao lado do pai, em Candeias (BA), onde nasceu, para complementar a renda da familia.

E foi em uma noite dessas que o menino franzido do Recôncavo Baiano teve uma mudança: em um show no Clube dos Oficiais da Policia Militar da Bahia, o então Agenor Apolinário dos Santos Neto, seu nome de registro, foi batizado por um cabo da PM, com o prenome de Pablo, por afirmar que seu nome real não seria de artista. E então ficou até hoje.

Em 2016, Pablo dá um novo passo em sua trajetória, e passa a gerenciar sozinho sua carreira. Aliado a isso, mais um álbum, que nada mais justo do que levar o nome dessa atual fase.

Por isso em “Um Novo Passo”, Pablo, mais uma vez, com muito romantismo, escreve outro capitulo de sua história. A começar pela música que é o carro chefe do CD “Desapeguei”, e em pouco tempo de lançada, já contabiliza milhares de views em todas as plataformas digitais.

Simple Share Buttons