Da Redação - Publicado em 28/06/2017 às 15:22

Carroceata encerra eventos esportivos do Maior São João do Mundo, em CG

Foto: Codecom/CG

A programação esportiva do Maior São João do Mundo, formatada pela Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel) da Prefeitura de Campina Grande, foi encerrada na manhã desta quarta-feira, 28, com a realização da 5ª Carroceata Junina, que reuniu mais de 50 carroceiros.

O evento teve saída e chegada na Estação Velha, com percurso passando pela Rua Vigário Calixto, Sítio São João e Rua do Fogo, até retornar ao ponto inicial.

A largada foi dada pouco depois das 9h, quando o desfile de carroças, todas ornamentadas com temas regionais, iniciou o percurso estabelecido pela organização do evento.

Foto: Codecom/CG

Os participantes abusaram da criatividade, de forma que tinha até carroça decorada de casa rústica.

O artesanato produzido na região também foi bastante explorado pelos participantes na decoração de suas carroças.

As dez carroças melhor ornamentadas foram premiadas. O premio de R$ 200,00 foi para o carroceiro Miguel Alves Neto do São José, com seu animal Joinha; Patrício Andrade, da Estação Velha, com o cavalo Pequeno, e Biu Matuto, do Catolé, com o jumento “Pagode Russo” foram premiados com R$ 150,00 e R$ 100,00, respectivamente, pela segunda e terceira colocações.

Ao receber a premiação, o vencedor do desfile afirmou que o dinheiro chegou na hora certa e será usado para comprar milho e farelo para “Joinha”, nome do animal que puxa a carroça e que trabalha com ele todos os dias.

Foto: Codecom/CG

O secretário de Esportes de Campina Grande, Teles Albuquerque, destacou que a Carroceata, a exemplo de anos anteriores, tem se tornado um evento festivo e ao mesmo tempo de conscientização, pois é mostrado aos carroceiros, que se fizeram presentes, que é necessário cuidar bem do animal, sem maltratá-lo e abandoná-lo nas vias públicas, práticas ainda comuns na cidade.

“Os carroceiros estão aprendendo a cuidar, respeitar, amar e zelar estes animais que são responsáveis pelos seus sustentos e de suas famílias. Fizemos apenas um passeio dentro do Maior São João do Mundo, fazendo com que as pessoas ornamentem suas carroças, recebam prêmios pela participação, camisas e, sobretudo, orientações, um momento verdadeiramente cultural”, analisou Teles.

Simple Share Buttons