...

Campina Grande - PB

Prefeito de João Pessoa entrega 776 unidades habitacionais

10/04/2017 às 17:58

Fonte: Da Redação com Secom/JP

Mais de 3.100 pessoas comemoraram nesta segunda-feira (10), junto ao prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, a realização do sonho da casa própria, com a entrega das 776 unidades habitacionais do Residencial Nice Oliveira, em Paratibe.

Celebrando os 100 primeiros dias de sua nova gestão à frente da Capital paraibana, e com um total de mais de R$ 71 milhões em obras entregues neste período, Luciano destaca a realização de um trabalho com foco em cuidar das pessoas, de promover mudanças que gerem novas perspectivas e dias melhores para os pessoenses.

“Entregar casas é cuidar das famílias. É isso que nossa gestão faz e continuará fazendo”, afirmou. Com esta entrega, o prefeito chega a marca histórica de cinco mil casas entregues e investimentos de meio bilhão de reais apenas em habitação.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

“Esta é uma data muito especial para todos nós porque estamos realizando o sonho da casa própria para 776 famílias em apartamentos amplos, com bom acabamento, com uma excelente infraestrutura, mas que, acima de tudo, oferecem dignidade e cidadania. É isso que faz a diferença na nossa gestão. Aqui essas famílias poderão se reunir, projetar o futuro de seus filhos, promover uma grande mudança de vida. Estamos consolidando o maior investimento em habitação da história recente da cidade, superior a R$ 500 milhões. Em pouco mais de quatro anos de trabalho, atingimos a marca de mais de cinco mil casas entregues à população. Isso representa um benefício para mais de 20 mil pessoas”, disse o prefeito.

O investimento na obra do residencial foi de R$ 48 milhões, a partir de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de João pessoa (PMJP), o Banco do Brasil e o Governo Federal, através do Programa Minha Casa Minha Vida.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

Os 776 apartamentos são divididos em 20 blocos, sendo 155 adaptados para pessoas com necessidades especiais ou com mobilidade reduzida. Eles contam com sala, cozinha, dois quartos e área de serviço, totalizando 40m² de área privativa.

Do total de famílias beneficiadas, 48 são quilombolas, pessoas em situação de coabitação, dividindo uma pequena casa com familiares ou morando no terreno de outras famílias de favor ou aluguel.

Com a obra, eles poderão ter um lugar próprio para morar e, o que é mais importante, manter os laços culturais com a sua comunidade.

Acompanhamento social – A secretária de Habitação, Socorro Gadelha, agradeceu o apoio de todas as secretarias da PMJP envolvidas na realização deste sonho para tantas famílias e afirmou que o trabalho segue adiante, não só com as obras de novas 4.500 casas que estão para ser entregues, mas também com um trabalho social nos residenciais que já estão com os novos moradores.

“Continuamos por um ano e meio trabalhando com as pessoas contempladas com a casa própria, com um trabalho social de acompanhamento, com cursos de capacitação, atividades para os idosos, enfim, todo tipo de integração para que as pessoas trabalhem e convivam bem com a nova vizinhança”, disse.

A cadeirante Maria Tereza Silva Alves foi uma das contempladas com a casa própria. Depois de anos vivendo de aluguel e em habitações sem nenhum tipo de acessibilidade, agora ela terá o conforto de um lar preparado para facilitar o seu dia-a-dia e com segurança.

“É uma emoção muito grande que eu estou sentindo. Só a misericórdia divina para explicar. Eu tinha muita dificuldade para me locomover na casa que eu morava em Mangabeira, mas aqui minha casa está toda adaptada e vou poder viver com mais conforto junto ao meu marido”, disse.

Já a diarista Josenilda Lins disse que sabe em que vai investir com o dinheiro que vai poupar do aluguel de R$ 500,00 que pagava todo mês.

“Agora vou poder cuidar da educação dos meus filhos, dar oportunidades para que eles sejam pessoas melhorem e tenham um futuro garantido. Não teria como fazer isso se não ganhasse esta casa porque não tinha condições, mas com essa ajuda, vou poder investir no que é mais importante que é a educação. Só posso agradecer ao prefeito Luciano Cartaxo por isso”, declarou.

Reconhecimento – A entrega do Residencial Nice Oliveira foi bastante prestigiada. Além do prefeito, vice-prefeito, Manoel Júnior, e auxiliares do governo municipal, o senador da República e vice-presidente do Senado Federal, Cássio Cunha Lima, os deputados federais Rômulo Gouveia e Pedro Cunha Lima, deputados estaduais e vereadores, o presidente municipal do PSD, Lucélio Cartaxo, Marcondes Gadelha e o vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro, também acompanharam a solenidade e parabenizaram o prefeito Luciano Cartaxo pelos investimentos.

“Enfim o lar doce lar para 776 famílias. Enfim a conquista das quatro paredes que vão abrigar sonhos e fazer a esperança florescer. Estes apartamentos são um poderoso instrumento de transformação social e temos que parabenizar Luciano Cartaxo porque mesmo com esta crise financeira em todo o país, ele deu a volta por cima, mostrou capacidade de recuperação e deu aula de rigor, cuidado e respeito à aplicação dos recursos públicos. Gratidão também começa dentro de casa e estamos aqui para agradecê-lo e para incentivar que ele continue este extraordinário trabalho”, declarou.

O vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro também destacou o trabalho de Luciano Cartaxo na área de habitação e o agradeceu por saber reconhecer quem o ajudou a construir o sonho destas famílias.

“O maior sentimento que um homem pode ter é a gratidão. E Luciano Cartaxo agradece Aguinaldo Ribeiro por ter ajudado a trazer recursos para estas obras. Luciano tem a humildade de reconhecer porque ninguém faz nada sozinho”, disse.

100 dias – O prefeito Luciano Cartaxo destacou obras que marcaram estes 100 primeiros dias de nova gestão na Capital, entre elas a primeira etapa da Ponte da Beira Rio, a ordem de serviço para a UPA do bairro dos Bancários, entrega de creche e escola, o novo prédio do Centro de Línguas Estrangeiras (Celest), reforma da Unidade de Saúde da Família do Alto do Céu e também a entrega de 256 apartamentos do Residencial Vieira Diniz B, além do apoio ao microcrédito, concurso da Controladoria e o novo ciclo do Orçamento Participativo, entre outras ações.

Veja também

Comentários