Policial militar suspeito de matar estudante na Paraíba está foragido

Da Redação*

Publicado em 04/12/2023 às 12:47

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!

O policial militar responsável pela morte de Ramon Pedro de Sousa, de 25 anos, neste domingo (3), na cidade de Uiraúna, no Sertão da Paraíba, foi identificado, mas permanece foragido.

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) confirmou a participação do agente e deu início a um procedimento administrativo para apurar os fatos relacionados à fatalidade.

“A Polícia Militar confirma o envolvimento de um agente da Polícia Militar do Ceará (PMCE), que já foi identificado e que segue foragido, contra quem foi instaurado um procedimento administrativo a fim de apurar os fatos ocorridos neste domingo, no estado da Paraíba. Ademais, a Corporação ressalta que não compactua com desvios de conduta de quaisquer militares”, disse a PMCE.

Foto: Secom/PB

Foto: Secom-PB/Arquivo

As circunstâncias do incidente foram capturadas por câmeras de segurança da Rua Nossa Senhora de Lourdes, onde as imagens registraram o momento em que o estudante foi empurrado duas vezes, culminando no disparo do agente.

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) determinou a abertura de um processo disciplinar contra o policial e solicitou seu afastamento preventivo.

A investigação sobre o caso está a cargo da Delegacia Regional da Paraíba, que busca elucidar os motivos que levaram à morte do estudante.

Ramon, que retornava da celebração da emancipação da cidade de Uiraúna, foi atingido pelo militar, supostamente lotado na cidade de Orós, interior do Ceará, mas presente no evento na Paraíba.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Polícia Científica de Cajazeiras para procedimentos de exame cadavérico, enquanto a polícia continua a investigação para determinar a motivação por trás do crime.

*Informações do G1 Paraíba.

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube