Ação conjunta na Paraíba combate funcionamento clandestino de garimpos

Da Redação com Ascom

Publicado em 03/12/2023 às 21:38

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Polícia Militar da Paraíba e a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), deflagrou a Operação Ajubá, entre os dias 27/11 e 1/12, na zona rural de Princesa Isabel/PB. A ação teve como objetivo apurar e combater o funcionamento de garimpos irregulares no Estado.

Entre os itens encontrados durante as fiscalizações estão frascos contendo mercúrio, britadores de pequeno porte, calhas de concentração, bateias e tanques de cianetação, equipamentos esses característicos de extração de ouro.

Foto: Ascom/PF

Foto: Ascom/PF

Além disso, foi identificado que os tanques construídos de forma artesanal, continham dezenas de células de cianetação em atividade e despejavam resíduos no leito do Rio Bruscas.

A cianetação do ouro é o processo utilizado para extração do metal a partir de um minério bruto retirado do solo. O cianeto dissolve o ouro dentro da rocha, retirando-o em forma líquida. Em seguida, esse ouro é tratado para retirar o cianeto ao qual foi exposto.

Esse processo é conhecido por causar grandes impactos ambientais e muitos prejuízos à saúde humana, devido à alta toxicidade do cianeto, que pode inclusive deixar terras, rios e lagos ao seu redor estéreis por tempo indeterminado.

Os responsáveis, que não estavam no local, serão identificados pela Polícia Federal para autuação e demais medidas cabíveis. Além disso, eles poderão responder pelo crime de extração ilegal de recursos minerais, além de outros crimes que poderão surgir no decorrer da investigação.

*Com informações da Ascom/PF

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube