Dono de lava jato morre após sofrer agressão física, em Campina Grande

Da Redação

Publicado em 15/06/2022 às 23:11

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Foto: Reprodução/ TV Paraíba

Foto: Reprodução/ TV Paraíba

Foi velado nesta quarta-feira, 15, o corpo de Paulino Batista da Silva, dono de um lava jato no bairro do Alto Branco, em Campina Grande, e que sofreu agressões enquanto bebia na conveniência de um posto de combustível da cidade. Ele estava internado no hospital de Trauma, em estado grave, desde o mês passado.

Segundo informações de familiares, Paulino teria saído de casa para beber quando foi agredido durante a madrugada. Os agressores machucaram bastante a vítima, causando traumatismo craniano, hemorragia e várias fraturas no rosto.

Desde então, a vítima estava internada na UTI do Trauma e em coma. Até o momento a família não sabe o que teria motivado a briga.

O caso ainda está sendo investigado pela Polícia, mas de acordo com as primeiras informações, o principal suspeito estaria trabalhando como mototaxista naquele dia.

A gerência do posto confirmou que houve a agressão, mas que teria ocorrido no outro lado da rua. Há alguns dias, no mesmo posto, um homem foi baleado por um policial de folga, durante uma discussão.

*Com  informações da TV Paraíba

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube