Fechar

logo
logo

Fechar

Personagens do calçadão campinense: engraxates falam sobre realidade da profissão

Da Redação*. Publicado em 27 de julho de 2021 às 11:37.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

A nossa reportagem visitou, nesta terça-feira, 27, o famoso “calçadão” da Cardoso Vieira, em Campina Grande, para tratar de mais um famoso personagem que circula, ou melhor, circulam na localidade: os engraxates.

A pandemia também atingiu esses profissionais, ou seja, causou perda na renda, mas, segundo José de Arimatéa, que trabalha como engraxate há 26 anos, ainda assim é possível retirar um bom dinheiro.

– A demanda é sempre boa. Muita gente passa aqui diariamente para engraxar os sapatos e, com isso, a gente consegue tirar um lucro bom. Estamos aqui todos os dias. Já temos os clientes cativos. Faça chuva ou sol, estamos aqui – contou entre gargalhadas.

Segundo os profissionais, os preços variam entre R$ 5 e R$ 7 por serviço. Eles contaram também que o local é o mais propício para o trabalho. José de Arimatéa relatou ainda que há clientes que chegam a deixar vários sapatos de uma vez. Trazem em sacolas, pedem para engraxar e voltam para buscar depois.

Foto: Paraibaonline

Foto: Paraibaonline

O repórter Jonathan Samuel conversou também com o engraxate Romero Dias, que revelou sustentar sua família com essa profissão há cerca de 30 anos.

– Sempre trabalhei aqui. Como disse o colega, faça chuva ou faça sol. É uma profissão que eu me dedico muito. Não acho vergonhoso, é um trabalho digno e que nos dá o pão de cada dia – desabafou.

arremate
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube