Fechar

logo
logo

Fechar

Especialista analisa a situação dos reservatórios e das cidades da Paraíba

Da Redação. Publicado em 18 de setembro de 2021 às 18:06.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

A professora da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e especialista em saneamento, Patrícia Feitosa, fez uma análise dos reservatórios e da distribuição de água nas cidades da Paraíba e constatou que, embora seja um direito fundamental do cidadão, cerca de 80% dos municípios apresentam dificuldades quando o assunto é o acesso à água.

De acordo com a professora, a UFCG está desenvolvendo um trabalho para a elaboração de planos municipais de saneamento básico no estado da Paraíba em 50 municípios.

“Infelizmente, o relatos são preocupantes, tanto na zona urbana, quanto na zona rural. É claro que existem municípios que são mais complexos essa situação e ainda mais complicada, os sistemas, mesmo na zona rural, estão em colapso”, colocou.

Dentre os municípios que passam por dificuldades e que a UFCG tem trabalhado com o plano de saneamento, Patrícia citou Remígio, Picuí, Bananeiras, Esperança e Solânea.

“A gente tem que buscar soluções para que a gente consiga garantir um direito que é fundamental. Água é vida, água é saúde e as pessoas estão tendo um acesso de má qualidade”, colocou.

Ainda de acordo com a especialista, as soluções mais viáveis para esse problema são a garantia de construção de adutoras que levem água para todos os municípios dentro da Paraíba e a busca pela otimização dos investimentos para a transposição do Rio São Francisco para que isso seja possível.

*Com informações da TV Cabo Branco

arremate
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube