Fechar

logo
logo

Fechar

Empresas de hospedagem e alimentação de João Pessoa contestam decreto estadual

Da Redação*. Publicado em 23 de fevereiro de 2021 às 10:00.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

O presidente do Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação em João Pessoa, Graco Neto Parente, comentou as medidas restritivas estabelecidas no decreto estadual que deve ser publicado nesta terça-feira (23) e destacou a tristeza dos trabalhadores, que reabriram seus estabelecimentos e agora vão precisar reduzir o horário de funcionamento.

Graco declarou, durante entrevista à Rádio Correio FM, que pediu para que a senadora Daniella Ribeiro (PP) convidasse o governador João Azevêdo (Cidadania) para uma reunião com a categoria, mas não houve retorno por parte de João.

Ele disse que o governador entende de obras e precisa ouvir quem realmente entende de hospedagem e alimentação antes de tomar decisões. Também frisou que a reabertura de restaurantes não gerou aumento de casos da Covid-19 no Estado.

Segundo Graco, a categoria não pode ser responsabilizada por um, dois ou três estabelecimentos, quando há mais de doze mil empregos gerados em discussão.

– Estamos extremamente tristes com a forma com que o governo da Paraíba vem conduzindo isso. Nós estamos em uma situação extremamente delicada – considerou.

arremate
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube