Covid-19: Hospital Pedro I registra aumento expressivo de pacientes

Da Redação*

Publicado em 28/01/2022 às 11:15

Valorize o jornalismo profissional e compartilhe informação de qualidade!
Foto: Ascom

Foto: Codecom-CG/Arquivo

O diretor do Hospital Pedro I, em Campina Grande, Tito Lívio, informou, em entrevista a uma emissora de rádio, que houve um aumento expressivo no número de atendimentos de pacientes com Covid-19.

Tito declarou que, na última segunda-feira (24), foram registrados 647 atendimentos, o maior número de atendimentos em um dia durante toda a pandemia da Covid-19.

Ele destacou que, com a abertura de novos centros de testagem, há uma redução na pressão da unidade hospitalar. Também disse que o número de internações também apresentou um aumento e hoje há 48 pacientes internados, sendo 22 em leitos de UTI.

Tito citou que a maioria dos pacientes que precisam de internação são idosos, pessoas que não se vacinaram ou que possuem alguma comorbidade. Ele recomendou que as pessoas que estão com sintomas gripais leves procurem uma Unidade Básica de Saúde ou policlínicas.

Ainda segundo o diretor, pessoas com quadros mais graves, com sintomas como cansaço e febre, podem procurar um hospital.

O diretor da unidade hospitalar ainda relatou que atualmente há uma escassez na produção de testes da Covid-19, e a Secretaria de Saúde tem buscado priorizar quadros mais graves e delicados.

“A gente está fazendo a testagem dos casos mais graves. São pacientes gestantes, profissionais de saúde, profissionais de serviços essenciais, portadores de comorbidades e idosos. O secretário de Saúde acredita que vai diminuir um pouco essa faixa etária. Antes era de 65 anos e eu acredito que a testagem vai ser para pacientes também de 50 ou 40 anos”, frisou.

Colunistas

2021 - ParaibaOnline - Rainha Publicidade e Propaganda Ltda - Todos os direitos reservados.

BeeCube