Jornalista há quase 30 anos, escreve a coluna Aparte desde 1991. Já trabalhou em TV, rádio e foi editor chefe do Jornal da Paraíba e colunista das TVs Cabo Branco e Paraíba. É comentarista político das rádios Campina FM, Caturité AM e editor do portal de notícias Paraibaonline.

quinta-feira, 29/06/2017

O clamor da ministra Carmen

Destituição palaciana

O que o governo vinha ameaçando – há dias – foi consumado ontem: a defenestração do senador Renan Calheiros (AL) da liderança do PMDB no Senado.

O ´ponta-de-lança´ de Michel Temer na casa, o ´poliprocessado´ Romero Jucá (RR) recolheu as assinaturas necessárias na bancada para a troca do líder.

Quando sentiu que a terra lhe faltou aos pés, Renan se antecipou e entregou o cargo.

Inconfiável

No começo da semana, o ousado Renan afirmou que Temer “não tem confiança da sociedade para fazer essa reforma trabalhista na calada da noite, atropeladamente”.

Inconcebível

O alagoano avançou: “Num momento em que o Ministério Público, certo ou errado, apresenta uma denúncia contra o presidente, não há como fazer uma reforma que pune a população”.

Faz-de-conta

Ainda conforme o agora ex-líder, Temer e seus correligionários são “uma gente fingindo que governa o País”.

E emendou: “Um presidente desgastado não pode dizer que o Senado tem que votar essa reforma”.

Parceiro

O arremate de Renan Calheiros foi fulminante: “O erro de Michel Temer foi achar que poderia governar influenciado por um presidiário em Curitiba (Eduardo Cunha); um presidiário em cárcere recebendo dinheiro. Isso nunca iria chegar a lugar algum”.

Cotados

Diante da ´degola´ de Renan, quatro nomes eram especulados ontem para assumir a liderança peemedebista: Garibaldi Alves (RN), Jader Barbalho (PA), Simone Tebet (PMDB-MS) e Raimundo Lira (PB).

Da boca de…

“… É preciso não desconsiderar nem desconhecer as lições da História e reconhecer que um Ministério Público independente e consciente de sua missão histórica, e do papel institucional que lhe cabe desempenhar, sem tergiversações, no seio de uma sociedade aberta e democrática, constitui a certeza e a garantia da intangibilidade dos direitos do cidadão, da ampliação do espaço as liberdades fundamentais e da supremacia do interesse social, especialmente num país como o nosso em que se evidenciam relações conflituosas que tendem a patrimonializar a coisa pública…” (ministro Celso de Mello, na sessão de ontem do Supremo Tribunal Federal).

Escolha…

Novo presidente do PT na Paraíba, Jackson Macedo afirmou ontem que “a tendência e a preferência” do partido é por uma aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) nas eleições do ano que vem.

… Feita

“Não escondemos isso de ninguém. Somos muito gratos. Ricardo é um companheiro valioso”, reforçou.

 

Para o padre

Macedo disse na ´Campina FM´ que o PT não irá se coligar com legendas que participaram “do golpe” contra a ex-presidente Dilma e que reivindica uma vaga na disputa para o Senado, a ser destinada ao deputado federal Luiz Couto.

Consenso interno

Por fim, Jackson Macedo registrou que a “unanimidade” no PT/PB é a oposição ao prefeito pessoense Luciano Cartaxo (PSD).

Na calada da noite

A GloboNews noticiou ontem um encontro confidencial, na terça-feira, do ministro Gilmar Mendes (STF e TSE) com Michel Temer e alguns de seis ministros.

Correção

O senador e ministro da Agricultura, Blairo Maggi (MT) trocou o PMDB pelo PP.

O detalhe

Na visita hoje a Campina Grande, ele terá como anfitrião o líder do Governo Temer na Câmara Federal, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP).

Confirmado

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu ontem, em duas ações que tramitavam no STF, que o desembargador Joás de Brito Pereira Filho está confirmado na presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba, acabando com uma disputa judicial iniciada em novembro do ano passado.

Obediência

“É possível afirmar que a escolha dos órgãos dirigentes do Tribunal de Justiça da Paraíba (realizada no dia 22.12,16) observou o artigo 96, inciso I, alínea “a” da Constituição Federal, bem como os dispositivos legais previstos na Loman (Lei Orgânica da Magistratura), na forma da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal”, enfatizou em sua decisão Alexandre.

Acadêmicos

Será às 19h30 de hoje, no Sítio São João (bairro do Catolé, avenida Canal do Prado), a posse do professor Josemir Camilo e da escritora Mabel Amorim como presidente e vice-presidente, respectivamente, da Academia de Letras de Campina Grande.

Inferência

A sensação que se sente, ao observar os votos do ministro Gilmar Mendes sobre a Operação Lava Jato, é a de um ´habeas corpus preventivo´.

Haja muro

O PSDB deverá adiar novamente a reunião de sua Executiva Nacional, que estava remarcada para hoje.

O bonde da história

Ao se pronunciar ontem, durante reunião do Conselho Nacional de Justiça, sobre a crise que o País enfrenta, a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia disse que “já passou da hora de o Brasil se tornar uma verdadeira República”.

– No Brasil, todo mundo é republicano e a favor da República desde que o instrumento seja aplicado ao outro. Todo mundo é a favor do concurso público desde que seja para o outro fazer. Todo mundo é a favor da licitação desde que para outra empresa – acrescentou a ministra.

Dois ex-prefeitos paraibanos numa mesma chapa em 2018?...