...

Campina Grande - PB

Ex-senador diz que lutará pelas obras do Eixo Norte da transposição do São Francisco

14/03/2017 às 8:07

Fonte: Da Redação*

O ex-senador Marcondes Gadelha participou da solenidade que marcou a chegada das águas da transposição do rio São Francisco à Paraíba, na última sexta-feira (10), na cidade de Monteiro, no Cariri paraibano, que teve a presença do presidente da República, Michel Temer, além de outras autoridades.

Ele destacou que um dia os nordestinos teriam que consumir a água do rio São Francisco.

Foto: Paraibaonline

–  O Nordeste precisa importar água de algum lugar, o manancial mais barato, mais abundante e mais próximo é o rio São Francisco. Isso tinha que acontecer, podia demorar 25 anos, 250 anos, mas um dia teríamos que beber água do São Francisco. Vamos iniciar uma segunda etapa de trazer água do rio Tocantins e a outra luta é pelo Eixo Norte, que é bem mais volumoso do que esse aqui e serve a mais estados – destacou.

Marcondes frisou que Campina Grande vive da prestação de serviços e desenvolveu o setor terciário da economia.

– São hospitais, são escolas, é um comércio muito intenso, é um turismo que é muito grande e isso tudo depende de água. Essa demanda vai crescendo à medida que a população vai aumentando. Não é à toa que as cidades mais desenvolvidas do mundo são as que consomem mais água per capita – concluiu.

*As informações foram veiculadas na Rádio Caturité AM.

Veja também

Comentários