Vasco tenta acabar com má fase diante do Goiás no Brasileirão

Da redação com Folhapress. Publicado em 1 de novembro de 2020 às 12:05.

Foto: Ascom/Vasco

Foto: Ascom/Vasco

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Aos 20 anos, Tiago Reis surgiu como uma promessa no Vasco no ano passado e parecia decolar -vice-artilheiro da Copinha de 2019, teve início fulminante no profissional, com quatro gols nos primeiros seis jogos, e acabou eleito a revelação do Campeonato Carioca.

No entanto, a tão comum oscilação que ocorre com os jovens bateu na porta do garoto, que foi perdendo espaço até “sumir” com o ex-técnico Ramon Menezes. Na quarta (28), aos entrar aos 39 minutos do segundo tempo, Tiago Reis pôs fim a um hiato de sete meses sem jogar. A última partida havia sido dia 8 de março, contra o Volta Redonda, pelo Estadual, quando o treinador ainda era Abel Braga.

Só que a noite em São Januário (RJ) ainda reservava outra benção ao garoto de Brasília (DF). Três minutos depois, ao seu melhor estilo, estava no lugar certo e na hora certa para fazer o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Caracas (VEN), que deixou o Vasco em vantagem no duelo válido pela segunda fase da Copa Sul-Americana.

Novo técnico da equipe, o português Ricardo Sá Pinto gostou do que viu e deixou claro que Tiago Reis deixará o “fim da fila” de centroavantes do time. A revelação deverá ser, inclusive, titular contra o Goiás neste domingo (1º), às 20h30, pela 19ª rodada do Brasileiro.

“Mostrou, sem dúvida, ser uma opção, e nós todos estamos contentes por isso. Só o conheci agora. Tive que recorrer a alguns vídeos individuais. Eu conheço melhor os jogadores nos treinos, vou entendendo as características deles. Fez uma semana muito boa de trabalho. Mostrou muita capacidade de finalização. Em pouquíssimas oportunidades, mostrou isso. Mostrou inteligência e esperteza dentro da área para se esconder dos adversários”, disse.

“É um atacante que acho que tem muito potencial. Espero poder dar os minutos que ele merece porque temos muita concorrência, mas o Tiago justificou ser opção”, elogiou o português.

Capitão da equipe, o zagueiro Leandro Castan foi outro que rasgou elogios ao jovem, destacando sua entrega nos treinamentos mesmo no período onde estava relegado à reserva e cotado para ser emprestado pelo Vasco.

“O Tiago trabalha muito forte, eu sempre reparei isso nele. Sempre quando passava perto dele, dizia para continuar na pegada porque, às vezes, o treinador vem, o jogador não tem espaço para o que o treinador pensa, e isso é normal no futebol. Hoje ele teve oportunidade e mostrou seu potencial. É um finalizador. Fico muito feliz por ele. É um garoto muito sério e focado”, disse Castan.

O último gol oficial de Tiago Reis antes do jogo do meio da semana havia sido dia 7 de junho do ano passado, na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, no Campeonato Brasileiro. Pouco tempo depois, no dia 26 do mesmo mês, o garoto marcou um no amistoso contra o Rio Branco (ES).

Agora, ele tenta engatar uma sequência goleadora enquanto o artilheiro da equipe na temporada, o argentino Germán Cano, com 16 gols, se recupera de lesão e deixa vaga aberta no ataque vascaíno.

GOIÁS
Tadeu; Edílson, David Duarte, Heron e Caju; Ariel Cabral, Breno e Shaylon; Keko, Vinicius e Rafael Moura. T.: Enderson Moreira

VASCO
Fernando Miguel; Léo Matos, Miranda, Ricardo Graça e Henrique; Andrey, Léo Gil, Carlinhos e Benítez; Talles Magno e Tiago Reis. T.: Sá Pinto

Estádio: Serrinha, em Goiânia (GO)
Horário: 20h30 (de Brasília) deste domingo (1º)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
VAR: José Claudio Rocha Filho (SP)
Transmissão: SporTV e Premiere

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube