Fechar

logo

Fechar

Vasco joga por um ponto contra o Ceará para seguir na 1ª divisão

Da redação com Folhapress. Publicado em 2 de dezembro de 2018 às 6:51.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O Vasco chega a última rodada do Brasileiro sob risco de rebaixamento, mas sem precisar fazer, a priori, cálculos mirabolantes -com, no mínimo, um empate diante do Ceará, a partir das 17h deste domingo (30), já se garante na primeira divisão.

Se falhar na partida em Fortaleza, no entanto, a conta já não será tão simples.

Além do Vasco, em 15º, com 42 pontos, outras quatro equipes lutam pela permanência: Sport (18º, 39), América-MG (17º, 40), Chapecoense (16º, 41) e Fluminense (14º, 42). Entre os ameaçados, dois cairão e três vão se manter na elite. Paraná e Vitória já tiveram queda decretada.

Caso perca, o Vasco estará sujeito aos desempenhos de América (visita o Flu), Chape (recebe o São Paulo) e Sport (encara o Santos na Ilha): só um destes três concorrentes diretos poderá vencer na rodada para que vascaínos se salvem. Todos os jogos ocorrem na mesma data e horário.

Já em caso de vitória, o time cruzmaltino poderá até assegurar ida à próxima Copa Sul-Americana -desde que o Flu não vença também.

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

A classificação à competição continental é, justamente, o objetivo final dos cearenses, que liquidaram qualquer risco de queda na rodada anterior e estarão apoiados por cerca de 60 mil torcedores no Castelão. O time alvinegro soma 43 pontos e está na 13ª colocação, a última a dar vaga para o mata-mata.

“O Ceará agora quer entrar na Sul-Americana e vai jogar num estádio que estará lotado, onde é difícil de atuar. Temos que entrar 100% concentrados e sabendo que temos dois resultados que são favoráveis. É preciso jogar com inteligência”, projetou o atacante cruzmaltino Maxi López.

Ele estará acompanhado de quase todos os vascaínos que foram titulares na derrota para o Palmeiras, na rodada anterior. A exceção é Yago Pikachu, que cumpre suspensão por ter sido expulso, e será substituído por Marrony.

O Ceará, por sua vez, terá força máxima. Calyson, suspenso no empate contra o Atlético-PR, retornará à equipe principal.

CEARÁ
Éverson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio (Valdo) e Felipe Jonatan; Richardson, Juninho, Ricardinho e Calyson; Felipe Azevedo e Arthur. T.: Lisca

VASCO
Fernando Miguel; Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castan e Henrique; Desábato, Andrey e Thiago Galhardo, Kelvin e Marrony; Maxi Lopez. T.: Alberto Valentim

Estádio: Castelão, em Fortaleza
Horário: 17h deste domingo
Juiz: Raphael Claus (SP)

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube