Fechar

logo

Fechar

Treze toma virada do Santa Cruz-PE nos acréscimos em sua estreia na Série C

Da Redação com VozDaTorcida. Publicado em 18 de agosto de 2020 às 22:14.

Foto: rafaelmelo/Santa Cruz

Foto: rafaelmelo/Santa Cruz

Na noite desta terça-feira, Santa Cruz e Treze fizeram uma partida emocionante e com gols bonitos. Em partida válida pela segunda rodada, mas que era a estreia trezeana, a Cobra Coral virou o jogo para cima do Galo nos acréscimos e conseguiu sua primeira vitória no Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro.

Com a derrota, o Treze fica sem pontuar, mas com um jogo a menos que a maioria dos times do Grupo A da Série C. Na próxima o Galo enfrenta o Paysandu, no sábado (22), em Belém. O Santa Cruz chega aos 4 pontos, e fica na terceira posição da chave. O próximo compromisso do tricolor de Recife será domingo (23), contra o Botafogo-PB, no estádio Almeidão.

O JOGO

O jogo começou bastante corrido. Antes dos 4 minutos, o tricolor pernambucano assustou em cabeçada de Danny Morais após cobrança de escanteio da direita que veio na área. No lance seguinte, Douglas Lima aproveitou o contra-ataque do Galo e, da entrada da área, chutou de fora para obrigar Maycon fazer boa defesa.

E logo aos 10 minutos, o Treze abriu o placar. Gilmar fez um de seus avanços característicos e tabelou com Alexandre Santana pela esquerda. Após invadir a área, ele tocou para o meio, onde Ermínio, trombando com a defesa, empurrou para o gol aberto para marcar o primeiro do Galo na Série C.

A Cobra Coral tentou responder aos 16 minutos, quando Paulinho chutou da intermediária de pé direito e a bola passou perto da trave direita da meta de Jeferson.

Apenas dois minutos mais tarde, Paulinho novamente bateu forte da entrada da área. Desta vez, a bola foi quase no ângulo direito do gol do Galo e morreu no fundo da rede, deixando tudo igual no marcador. Um golaço.

Depois do ritmo intenso inicial, o Santa Cruz passou a tentar controlar o jogo no meio-campo e administrava as ações diante de um alvinegro que tentava se proteger e buscar saída em velocidade pelas laterais.

Aos 39 minutosx Alisson Cassiano se chocou com Jaderson, ambos com a cabeça, em uma jogada perigosa, na qual o zagueiro trezeano levou a pior ficando com um corte no local. Poucos instantes antes, Pipico, principal jogador do Santa Cruz, foi substituído com dores lombares.

Foto: rafaelmelo/Santa Cruz

Foto: rafaelmelo/Santa Cruz

Segundo tempo

Pouco tempo depois da bola rolar após o intervalo, o Santa quase abre o placar. Após cruzamento de Jaderson pela esquerda, Victor Rangel cabeceou de peixinho no travessão trezeano aos 2 minutos.

Em lance de bola parada, após jogada ensaiada, aos 24 minutos, Douglas Lima rolou para Breno Calixto, que chutou com violência da intermediária, e a bola passou perto do travessão do tricolor de Recife.

Aos 30, um lance de gênio para recolocar o Galo na frente do placar. Em cobrança de escanteio pela direita, Douglas Lima percebeu um péssimo posicionamento do goleiro do Santa Cruz e mandou direto, marcando um lindo gol olímpico para anotar o segundo tento trezeano no jogo.

Quando o triunfo alvinegro parecia definido, aos 45, Didira aproveitou a bola cruzada na área do Treze e só escorou para Chiquinho, da marca do pênalti, encher o pé esquerdo e estufar a rede de Jeferson para garantir o empate para o time pernambucano.

E pouco depois, aos 48, Alisson Cassiano acabou tropeçando em Victor Rangel e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, aos 50, Toty deslocou Jeferson e virou a partida.

Ficha técnica

Santa Cruz 3 x 2 Treze

Série C do Campeonato Brasileiro
Grupo A – 2ª rodada
Estádio: Arruda – Recife

Arbitragem: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho, Diogo Carvalho da Silva e Daniel de Oliveira Alves Pereira, todos do Rio de Janeiro.

Gols: Paulinho, Chiquinho, Toty (S); Ermínio, Douglas Lima (T)
Cartões amarelos: Paulinho, Bileu (S); Robson, Alisson Cassiano, Vinícius Barba (T)

Santa Cruz: Maycon, Toty, William Alves, Danny Morais, Jaderson (Augusto Potiguar); Paulinho, Bileu (Tinga), Célio (Júnior), Jeremias (Chiquinho), Didira; Pipico (Victor Rangel). Técnico: Itamar Schulle.

Treze: TREZE (x Santa Cruz): Jeferson, Léo Pereira, Breno Calixto, Alisson Cassiano, Gilmar; Robson (Rezende), Vinícius Barba, Alexandre Santana (Bruno Mota); Edson Carioca (Caxito), Douglas Lima (Tales) e Ermínio (Frontini). Técnico: Caé Cunha (interino).

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube