Fechar

logo

Fechar

Treze perde para Jacuipense-BA e se complica na Série C

Da Redação com VozDaTorcida. Publicado em 22 de novembro de 2020 às 22:14.

Renan Oliveira/E.C. Jacuipense

Foto: Renan Oliveira/E.C. Jacuipense

Em briga direta contra o rebaixamento, o Treze perdeu para o Jacuipense-BA por 3 a 2 neste domingo, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, pelo Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro.

O Galo chegou a buscar o empate duas vezes, com gols de Neto Baiano e Felipe Alves, mas acabou tomando um gol de pênalti aos 26 minutos do segundo tempo. Os tentos do time baiano foram marcados por Thiaguinho, Eudair e Dinei.

Com o revés, o Galo segue com 17 pontos, na nona colocação do torneio, com um ponto a menos que o Botafogo-PB, que jogar na segunda contra o Remo, em João Pessoa.

O Jacuipense vai aos 21 pontos e respira na briga contra a queda, subindo para a sexta posição. Na próxima rodada o Galo joga com o Vila Nova, no Amigão, no sábado, enquanto os baianos na segunda-feira, encaram o Santa Cruz, novamente no Pituaçu.

O JOGO

Como de costume, o técnico galista mexeu bastante na equipe, colocando o zagueiro Nilson Júnior como lateral-esquerdo, deixando Gilmar no banco, e no ataque, Murici e Felipe Alves fizeram companhia para Neto Baiano. Além disso, França entrou na volância substituindo o suspenso Robson.

A primeira chance de gol foi criada pelos donos da casa. Aos 20 minutos, Dinei recebeu na área e bateu cruzado de pé esquerdo com muita força, e obrigou Andrey a se esticar todo para desviar a bola pela linha de fundo.

E aos 27 minutos, o gol saiu. O Galo marcava na frente dificultando a saída de bola, mas em um chutão da defesa, a zaga trezeana não conseguiu cortar e Raniele tocou para Thiaguinho, que ganhou de Alisson Cassiano na corrida, invadiu a área e tocou por baixo do goleiro Andrey para abrir o placar em Pituaçu.

Com muita dificuldade de se aproximar da área com a bola dominada, o alvinegro paraibano arriscou de longe para tentar reagir. Aos 30, Vinícius Barba chutou forte da intermediária e Jordan voou no seu ângulo direito para espalmar a bola para escanteio.

Mas aos 38 minutos, Murici recebeu livre na esquerda, invadiu a área e foi atropelado por Railan. O árbitro Wanderson Alves de Sousa marcou pênalti. Na cobrança, Neto Baiano bateu no meio do gol e deixou tudo igual no marcador.

Empolgado, o Treze teve uma chance clara de virar. Aos 43, Neto Baiano recebeu cruzamento de polegar, dominou no peito dentro da área e na hora de encher o pé para marcar, mandou de direita por cima do gol.

Segundo tempo

Não demorou muito para o placar se movimentar após o intervalo. Logo aos 6 minutos, Railan cruzou da direita, a bola passou por todo mundo e Eudair apareceu livre dentro da área para só escorar para o gol e marcar o segundo dos baianos na partida.

O Galo foi para cima e conseguiu deixar tudo igual novamente aos 16. Murici recebeu pela esquerda, driblou o goleiro e bateu em cima da defesa. Na sobra, Felipe Alves encheu o pé esquerdo e chutou a bola que ainda bateu no travessão antes de entrar e empatar mais uma vez.

A partida ficou muito movimentada e, aos 23, após cobrança de escanteio da direita, Thiaguinho chutou de esquerda e a bola bateu no braço do volante França. A arbitragem marcou pênalti. Na bola, Dinei mandou no canto esquerdo de Andrey, que caiu para outro lado, e recolocou o Jacuipense na frente da contagem.

Por reclamação da marcação do pênalti, o zagueiro Uesles recebeu cartão vermelho do banco de reservas.

Ficha Técnica

Jacuipense
Jordan, Railan, Kanu, Railon e Vicente; Josa (Peixoto), Raniele (Dedeco), Eudair e Ruan Levine (Rafael Bastos); Thiaguinho (Popô) e Dinei (Radar). Técnico Jonilson Veloso
Treze
Andrey, Polegar, Ítalo, Nilson Júnior (Gilmar) e Alisson Cassiano; França (Gustavo), Vinícius Barba, Murici e Douglas Packer (Alexandre Santana); Felipe Alves e Neto Baiano. Técnico – Márcio Fernandes
Gols -Thiaguinho (J), aos 27min, Neto Baiano (T), aos 40min do 1ºT, Eudair (J), aos 6min, Felipe Alves (T), aos 16min, Dinei (J), aos 26min do 2ºT
Cartão amarelo – Márcio Fernandes (treinador)
Cartão vermelho – Uesles (T)
Árbitro – Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes – Leonardo Henrique Pereira e Helen Aparecida Gonçalves Silva Araujo (MG)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube