Fechar

logo

Fechar

Times carioca e gaúcho fazem clássico hoje no Maracanã

Da Redação. Publicado em 8 de novembro de 2020 às 13:25.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – O técnico Odair Hellmann tem a missão de manter a boa fase que o Fluminense atravessa -está no G-4 do Campeonato Brasileiro e invicto há oito partidas. Mas, para isso, ainda estuda a melhor formação para suprir a ausência de Nenê, um dos pilares da equipe na temporada.

O camisa 77 passa por período de transição após lesão na coxa esquerda e deve seguir como ausência diante do Grêmio, neste domingo (8), às 20h30, no Maracanã, pela abertura do returno.

O triunfo sobre o Fortaleza, na rodada passada, inclusive, gera ainda mais dúvida a Hellmann. No duelo, Ganso assumiu a função e atuou os 90 minutos. Agora, mesmo com o retorno de Dodi, Yago, que teve atuação elogiada no último sábado, pode ser mantido, com Michel Araújo atuando de forma mais adiantada.

Além disso, Wellington Silva, autor do gol contra o Leão, Marcos Paulo, que balançou a rede contra o Santos, e Lucca, que estreou no último sábado, surgem também na briga e abrem o leque por alterações no setor ofensivo.

O treinador não esconde o “pé atrás” em relação às respostas que mudanças no esquema podem gerar, mas demonstrou confiança após o resultado positivo em uma partida em que usou uma estratégia diferente. Ele ressaltou ainda que “os conceitos centrais estão estabelecidos, independentemente do sistema”.

“Apostamos nessa situação de lateralizar Yago e Hudson nessa variação. Uma variação diferente do tripé que temos usado e tem dado resposta positiva. São variações que estamos usando desde o início do ano, e têm se consolidado. Durante a semana ficamos um pouco na dúvida, porque quando o sistema encaixa, fazer essa mudança logo de início pode não trazer o mesmo padrão que a anterior estava dando. Foi importante, porque gera uma confiança. A estratégia muda para cada jogo, para cada adversário. Os conceitos centrais estão estabelecidos, independentemente do sistema”, disse.

Diante do Tricolor gaúcho, no Maracanã, o Fluminense vai defender uma invencibilidade que já dura oito partidas – vitórias contra Coritiba, Goiás, Bahia, Santos e Fortaleza, e empates com Botafogo, Atlético-MG e Ceará.

O Fluminense entrou na rodada com 32 pontos, ocupando o quarto lugar.

O Grêmio também vive boa fase. O time de Renato Gaúcho ganhou 10 dos últimos 12 pontos disputados e inicia a rodada na oitava colocação, com 27 pontos. Além disso, a equipe vem de classificação na Copa do Brasil após triunfar sobre o Juventude por 1 a 0.

Para o duelo no Maracanã, porém, o Grêmio deve levar a campo uma equipe mista, já que disputará na próxima semana a fase de quartas de final da Copa do Brasil contra o América-MG. Orejuela e Kannemann, que vão se apresentar às suas seleções, estão confirmados no time.

FLUMINENSE
Muriel; Igor Julião, Nino, Luccas Claro, Danilo Barcelos; Hudson, Dodi, Ganso, Michel Araujo; Fred, Luiz Henrique. T.: Odair Hellmann

GRÊMIO
Vanderlei; Orejuela, David Braz, Kannemann, Diogo Barbosa; Darlan, Matheus Henrique, Robinho, Luiz Fernando, Pepê (Ferreirinha); Isaque (Diego Souza). T.: Renato Gaúcho

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 20h30 deste domingo
Juiza: Edina Alves Batista (SP)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube