Fechar

Fechar

Sem Daniel Alves, trio polariza disputa por uma vaga na Copa

Da Redação com Gazeta Press. Publicado em 11 de maio de 2018 às 16:24.

Tite já estuda quais são as melhores opções para a lateral direita da Seleção Brasileira sem Daniel Alves. Fora da Copa do Mundo por conta de uma desinserção no ligamento cruzado anterior do joelho direito e uma entorse na mesma região, um dos pilares do time canarinho terá de assistir o seu País em busca do hexacampeonato pela TV e provavelmente ver Danilo, Fagner ou Rafinha assumir sua função no Mundial da Rússia.

Dos três jogadores que polarizam a disputa por uma vaga na Copa do Mundo como lateral-direito, Fagner é o que está mais próximo de carimbar seu passaporte.

O atleta já trabalhou com Tite no Corinthians e conta com a confiança do treinador. Além disso, com exceção de Daniel Alves, ele foi o nome mais chamado por Tite na posição (12 vezes).

A atual situação de Fagner, porém, não é tão confortável. O lateral-direito também está fora dos gramados por conta de uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa direita e, inclusive, realiza tratamento em dois períodos no CT Joaquim Grava para poder estar pronto para o Mundial. No próximo domingo, ele será submetido a exames por Rodrigo Lasmar, médico da Seleção que está em Paris por conta de Daniel Alves.

foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Outro nome forte na corrida pela Copa do Mundo é Danilo. Recém-campeão do Campeonato Inglês com o Manchester City de Pep Guardiol, o ex-santista também foi chamado em algumas oportunidades, se alternando com Fagner na Seleção Brasileira, e espera ver seu nome entre os convocados na próxima segunda-feira, dia em que Tite divulgará seus comandados no Mundial.

Ao todo, Danilo foi lembrado por Tite oito vezes. Ele chegou a atuar no ano passado, na vitória por 3 a 1 sobre o Japão, em amistoso, e ficou na reserva nas outras sete oportunidades, seis válidas pelas Eliminatórias Sul-Americanas e outra em amistoso com a Inglaterra, em Wembley.

Quem corre por fora e é menos provável que apareça na convocação é Rafinha. Embora seja um jogador que esteja acostumado a atuar no mais alto nível do futebol mundial pelos seus anos no Bayern de Munique, o jogador foi chamado pelo técnico Tite em apenas duas oportunidades: nos amistosos de junho do ano passado, contra Argentina e Austrália, em Melbourne.

Nesta temporada, Rafinha vem atuando nos últimos jogos como lateral-esquerda, ideia do técnico Jupp Heynckes. Como o lateral-direito titular do Bayern de Munique é o jovem Kimmich, sucessor de Philipp Lahm, coube ao brasileiro mostrar versatilidade, seguindo os passos de Danilo, também improvisado na esquerda por Guardiola.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube