Fechar

Fechar

Sejel confirma desobediência do Belo e manda retirar decoração de vestiário

Da Redação. Publicado em 9 de janeiro de 2018.

Ainda sem pronunciamento oficial do Botafogo-PB, a polêmica padronização do vestiário 1 do estádio Almeidão, que pertence ao Governo do Estado da Paraíba, segue rendendo.

Com a negativa de autorização para a intervenção do local tendo sido garantida por Bruno Roberto, ex-secretário da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer (Sejel), que administra a praça esportiva, desta vez, o executivo e agora titular interino da pasta, o ex-jogador de vôlei Zé Marco, também garantiu que não havia permissão para que o clube personalizasse o local.

– Toda benfeitoria é bem-vinda. O que foi feito ali na verdade é uma ambientação para os funcionários da agremiação, eles colocaram uma mureta e acho até, que enquanto reforma ficou bem interessante, mas a logomarca é algo muito particular para ser uma coisa pública. Por isso, tomamos a posição pela retirada já que não existiu nenhum tipo de autorização e nesse caso é preciso passar por essas burocracias – disse Zé Marco.

O ex-atleta também garantiu já ter enviado um documento para o gerente do estádio, Giovani Carlo Alencar, pedindo a retirada dos adesivos e a remoção da pintura feita pelo clube.

Ao site Globo Esporte, o procurador de justiça, Valberto Lira, também se pronunciou sobre o tema, e informou que o Ministério Público vai investigar se o caso pode ser tratado como improbidade administrativa.

No entanto, o representante do MP garantiu que não há risco de punição ao Botafogo-PB, que deve apenas fazer a remoção das intervenções feitas no vestiário.

Os outros dois times da capital que disputam o Paraibano, Auto Esporte e CSP, também resolveram falar sobre a questão.

O presidente do Auto Esporte, Watteau Rodrigues, afirmou que irá entrar em contato com a Sejel para saber como será tratada a questão.

– Quando você tem um vestiário próprio, você pode fazer o que quer. Mas quando a casa é dos outros precisa-se de autorização. Como o Almeidão é do estado, estamos subordinados à secretária do esporte. Eu pretendo entrar em contato para saber como eles pretendem resolver. Respeito a iniciativa do clube, mas que seja algo removível porque as outras equipes que jogam no local é que fazem a locação. Podemos nos sentir no direito de retirar – afirmou Watteau Rodrigues.

Josivaldo Alves, presidente do CSP, próximo adversário do Belo, e que pode, inclusive, solicitar o vestiário 1, que é reservado ao mandante dos jogos realizados no Almeidão, prefere aguardar as providências que serão tomadas pela secretaria de estado.

– Se fosse uma estrutura móvel, tipo placa, acho até normal. Se está pintado fica estranho, mas quem deve resolver isso é a Secretaria. O Botafogo-PB é o principal clube da cidade, mas dessa forma fica incoerente – contemporizou Josivaldo.

O clube da estrela vermelha deve emitir uma nota oficial sobre o tema ainda nesta terça-feira (09).

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube