Fechar

Fechar

Segundinha do Paraibano pode ter início adiado por falta de estádios

Da Redação. Publicado em 10 de setembro de 2018 às 10:52.

Nos últimos anos não houve uma só edição do Campeonato Paraibano que a problemática dos estádios indicados para receberem as partidas não tivessem problemas. Diante de mais uma Segunda Divisão, onde aparentemente os problemas se acentuam ainda mais, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) estabeleceu para amanhã, o prazo final para que os dirigentes das equipes que disputarão o certame possam entregar os laudos das praças esportivas.

O detalhe é que, até então, a competição está programada para iniciar no próximo dia 16, mas já existe uma recomendação do Ministério Público para o adiamento.

Foto: Voz da Torcida

O primeiro questionamento que pode ser feito é: como um estádio que nunca sediou uma competição profissional e nem ao menos recebeu visita dos órgãos de segurança nos últimos tempos conseguirá confeccionar os quatro laudos necessários para a liberação da praça esportiva?

O procurador de justiça e presidente da Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios da Paraíba, Valberto Lira, justificou o motivo ao qual essa história anualmente se repete: a falta de compromisso dos gestores.

– Todos os anos, os órgãos de segurança que fazem parte da comissão apontam o que precisa ser corrigido. Todo mundo sabe que anualmente os estádios precisam ser vistoriados, desde o torcedor até as pessoas que formam os times e a Federação. O problema é que não há uma preocupação por parte dos gestores dos estádios em resolver os problemas, porque devem acreditar, penso eu, que essas vistorias são uma bobagem. Chega ao ponto que nós somos mal interpretados, mas estamos tão somente cumprindo o nosso papel como fiscalizadores da lei. Garanto que se houvesse mais compromisso com a causa esportiva, não precisaríamos anualmente repetir este cenário – afirmou.

Um segundo questionamento é: se há um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), onde os gestores sempre se comprometem em sanar as falhas que foram apontadas pelo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Crea e Vigilância Sanitária, porque pela falta de cumprimento os mesmos não são responsabilizados, chegando ao ponto de até mesmo responderem por improbidade administrativa?

Para a Segundona deste ano, alguns estádios vão receber partidas oficiais pela primeira vez, a exemplo do Romerão (em Galante, distrito de Campina Grande), Jacintão (Sumé) e Amauri Sales (Cuité), além do Municipal de Lagoa Seca.

A expectativa agora fica por conta desta próxima semana. E a pergunta que fica é: será que a bola vai rolar no dia 16? “Quem viver, verá” é a frase que perfeitamente resume o futebol da Paraíba.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube