Fechar

logo

Fechar

São Paulo fica no empate com Ceará em jogo atrasado do Brasileirão

Da redação com Folhapress. Publicado em 26 de novembro de 2020 às 7:32.

Foto Ascom

Foto Ascom

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O São Paulo visitou o Ceará nesta quarta (25) no Castelão, em Fortaleza, para cumprir um dos seus três jogos adiados no Campeonato Brasileiro, e ficou apenas no empate por 1 a 1.

O time paulista agora soma 38 pontos e segue entre os líderes da competição. O Atlético-MG soma 42 pontos, seguido pelo Flamengo com 39.

Com o resultado, o São Paulo chega ao oitavo jogo na temporada invicto. Agora a equipe do Morumbi soma seis vitórias e dois empates. No Brasileiro, já são 13 jogos de invencibilidade (seis vitórias e sete empates).

Em campo, o técnico Guto Ferreira poupou Fernando Prass e Charles. Além deles, Felipe Vizeu, com uma lesão muscular ficou de fora.

Pelo São Paulo, o treinador Fernando Diniz não teve Brenner e Hernanes, suspensos, além do zagueiro Bruno Alves, preservado por ter tido contato com um familiar que estava com Covid-19.

Visitante, o São Paulo iniciou como se fosse o dono da casa. Pressionou e dominou as principais ações logo nos primeiros minutos. Em chutes dados de fora da área, Gabriel Sara, Reinaldo e Juanfran levaram perigo.

Aos dez minutos, não teve jeito. Reinaldo cobrou escanteio da direita do ataque e Diego Costa desviou de cabeça para o fundo da rede.

Superior, os tricolores poderiam ter ampliado o duelo aos 21 minutos, com Luan. O volante arriscou arremate de fora da área e viu Richard realizar grande defesa.

Sem aproveitar o bom momento, os comandados de Fernando Diniz viram os rivais entrarem no jogo a partir dos 30 minutos. Em boas chegadas Vina, Lima e Samuel Xavier obrigaram Tiago Volpi a trabalhar.

Na etapa final, logo no primeiro minuto, Léo Chú, dentro da pequena área, deixou tudo igual no placar.

Após o gol, os são-paulinos voltaram a entrar na partida. Aos 12 minutos, Pablo marcou o segundo gol, mas a arbitragem anulou.

Foto: Felipe Santos / Ceará SC

Foto: Felipe Santos / Ceará SC

O VAR (árbitro de vídeo) quase validou o gol em um primeiro momento, contudo, voltou atrás. A confusão ocorreu porque o atacante estava impedido no primeiro lance, mas na continuidade da jogada, em um segundo lance, ele não estava.

O São Paulo reclama porque o árbitro Wagner Nascimento Magalhães já havia autorizado o reinício da partida e, desta forma, não poderia voltar atrás na decisão.

Depois disso, o São Paulo ainda apertou, mas não conseguiu o gol da vitória.

CEARÁ
Richard; Samuel Xavier, Tiago Pagnussat, Luiz Otávio e Bruno Pacheco (Alyson); Fabinho, Lima (Leandro Carvalho), Vina e Fernando Sobral; Léo Chú (Charles) e Cléber (Victor Jacaré). T.: Guto Ferreira

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Juanfran, Diego Costa, Léo e Reinaldo; Luan (Tchê Tchê), Daniel Alves, Gabriel Sara (Galeano) e Igor Gomes; Luciano e Pablo (Vitor Bueno). T.: Fernando Diniz

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Thiago Rosa de Oliveira (ambos do RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Cartão amarelo: Vina, Tiago Pagnussat, Léo Chú, Samuel Xavier e Fernando Sobral (C); Reinaldo, Luan e Diego Costa (SP)
Gols: Diego Costa, aos 10min do 1º tempo, e Léo Chú, a 1min do 2º tempo

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube