Fechar

logo

Fechar

Santa Cruz vence a primeira e afunda Treze na lanterna do Grupo A

Da Redação. Publicado em 6 de fevereiro de 2018 às 23:40.

O Santa Cruz se aproveitou da irregularidade do Treze na temporada, foi letal no contra-ataque e conquistou o que a própria torcida coral não acreditava: sua primeira vitória em 2018.

Após seis partidas sem vencer, o Tricolor fez 3 a 0 no Galo, na noite desta terça-feira (06), no vazio Estádio do Arruda, somou seus primeiros três pontos e assumiu a vice-liderança isolada do Grupo A da Copa do Nordeste, agora com quatro pontos.

Victor e Jeremias, na etapa inicial, e Artur, no segundo tempo, anotaram os tentos pernambucanos, os quais afundaram o Alvinegro na lanterna da chave, sem pontuar.

Na liderança do Grupo B do Paraibano, o Treze volta suas atenções para o estadual. Sábado (10), às 16h, a equipe comandada por Oliveira Canindé recebe o Nacional de Patos, no estádio Presidente Vargas, pela sétima rodada.

Foto: Bruno Rafael / Rádio Caturité

O jogo

O Santa Cruz foi superior ao Treze desde os primeiros minutos da partida.

Com uma estratégia diferente dos jogos anteriores, o Tricolor adotou uma postura mais objetiva. Já o Galo tentou ficar com a bola, mas a posse foi totalmente ineficiente.

Em vez do futebol de troca de passes envolvente, em que o time jogava e deixava o adversário jogar, a equipe coral priorizou a defesa e os contra-ataques em velocidade. Não tardou a funcionar.

Logo aos quatro minutos, Vítor recebeu grande passe de Vinícius no meio da área e dividiu com o goleiro Saulo. No bate-rebate, a bola acabou indo morrer nas redes.

Era tudo o que o Santa Cruz precisava para ganhar tranquilidade na partida.

Em vantagem, os tricolores esperaram o Galo no campo de defesa. Sem pressa, segurou com certa tranquilidade os avanços do Treze.

Em dois lances, Tiago Machowski defendeu finalizações com algum perigo. Quando os paraibanos esboçavam uma reação, mais um golpe mortal do time coral. Aos 22, em contra-ataque rápido, Jeremias recebeu na frente, avançou e tocou com frieza na saída de Saulo para ampliar.

Firme na marcação e arriscando mais contragolpes, o Santa Cruz rondou a área adversária até o fim da etapa, porém sem novo sucesso. Foi para o intervalo com uma justa vitória parcial.

Segundo tempo

A etapa final começou em um ritmo mais lento. Em boa vantagem, o Tricolor evitou ao máximo se arriscar. Tocando a bola de maneira inteligente esperou o Treze voltar a abrir brechas para contra-atacar. Como aos 15, quando Luiz Otávio avançou e chutou de fora da área para boa defesa de Saulo.

Todo fechado na defesa e armado para os contra-ataques, o Santa Cruz segurou bem a pressão que o Treze tentou imprimir. E, mantendo a estratégia, por muito pouco não ampliou aos 27.

Primeiramente, Jeremias finalizou para boa defesa de Saulo. No rebote, Ávila mandou na rede pelo lado de fora. Não fez falta. Afinal, no minuto seguinte, o contra-ataque foi mortal. Robinho subiu em velocidade pela direita e tocou na medida para Arthur mandar para as redes sacramentando a vitória coral

Ficha técnica

Santa Cruz 3 x 0 Treze

Data: 06/02/2018 – 21h45

Local: Estádio do Arruda – Recife

Competição: Copa do Nordeste – Grupo A (2ª rodada)

Arbitragem: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro; Flávio Gomes Barroca e Vinícius Melo de Lima (RN).

Gols: Victor (aos 5′ do 1ºT), Jeremias (aos 21′ do 1ºT), Artur (aos 28′ do 2ºT) para o Santa Cruz.

Cartões amarelos: Tiago Jorginho, Artur (SCFC); Marcelinho, Elielton (TFC)

Santa Cruz: Tiago Machowski, Victor (Ítalo), Augusto Silva, Genilson, Ávila; Luiz Otávio, Jorginho (Ilaílson) e Artur Rezende; Jeremias, Robinho e Vinícius. Técnico: Júnior Rocha.

Treze: Saulo, Marcelinho, Leonardo Luiz, Ítalo e Rayro (Caíque); Elielton, Dedé, Johnnathan e Marcelinho Paraíba (Tininho); Fábio Neves (Vitinho) e Reinaldo Alagoano. Técnico: Oliveira Canindé.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube