COMANDANTES

Saiba quem são os treinadores de todos os times da Série D do Brasileiro

22/04/2018 às 9:41

Fonte: Da Redação com Futebol Interior

foto: montagem/Paraibaonline

A 10ª edição da Série D do Campeonato Brasileiro teve início neste sábado. Divididos em 17 grupos, os 68 times que brigam por um maior espaço no cenário nacional apostaram em diversos tipos de treinadores e o Portal Futebol Interior fez um levantamento com todos os comandantes que iniciam o torneio.

Os comandantes vão de ex-jogadores que fizeram história dentro das quatro linhas, e que agora buscam o sucesso na nova função, caso do ex-atacante Washington Coração Valente, maior artilheiro de só uma edição da Série A de Brasileirão, mas que ainda busca se consagrar na função de treinador, a nomes já conhecidos e com passagens por clubes de elite do futebol nacional, como Estevam Soares, grande aposta do Itumbiara, e Mauro Fernandes, que lidera o Central.

Muitos clubes, principalmente da região Norte do país, apostaram suas fichas em técnicos com experiência no futebol local, mas a competição terá até técnico Chileno, caso do chileno Javier Diaz, do pernambucano Flamengo de Arcoverde.

Confira todos os técnicos da Série D do Campeonato Brasileiro:

Grupo A1
Baré-RR – Edson Neguinho
Macapá-AP – Fran Costa
Manaus-AM – Igor Cearense
Rio Branco-AC – Jader de Andrade

Formado 100% por clubes nortistas, os clubes apostaram em técnicos desconhecidos dos grandes centros, mas com rodagem pelo futebol local. A Série D pode ser vista como grande porta para a carreira do quarteto.

————————————————————————————————————————————

Grupo A2
Barcelona-RO – Tiago Batizoco
Independente-PA – Sinomar Naves
Plácido de Castro-AC – Júnior Mesquita
Santos-AP – Edson Porto

O gácuho Edson Porto é experiente e tem feito bons trabalhos nos mais diferentes Estados do Brasil, sendo que pela primeira vez o futebol do Amapá tem chance real de conquistar uma vaga na Série C. O paulista Tiago Batizoco tem trabalhado apenas em pequenas equipes do Norte e Sinomar Naves é o mais veteranos, mas também comandando equipes de segunda linha do futebol do Norte do Brasil.

————————————————————————————————————————————

Grupo A3
Nacional-AM – Lecheva
Real Ariquemes-RO – Rafael Andrade
São Raimundo-PA – Vladimir de Jesus
São Raimundo-RR – Chiquinho Viana

Grupo formado basicamente por treinadores emergentes que buscam um espaço de maior visibilidade no futebol brasileiro e que um acesso poderá alavancar a carreira deles.

————————————————————————————————————————————

Grupo A4
4 de Julho-PI – Jorge Pinheiro
Cordino-MA – Marlon Cutrim
Ferroviário-CE – Maurilio Silva
Interporto-TO – Roberto Oliveira

O ex-jogador do Palmeiras, Maurílio Silva chega credenciado por bons trabalhos que tem feito em vários estados do Brasil e em um Ferroviário que tem evoluído a cada ano. Já Roberto Oliveira, ex-volante do Vila Nova-GO e do Barretos nos anos 1980, é o mais experiente e o treinador de maior prestígio no Estado de Tocantins. O ex-goleiro Jorge Pinheiro tem dirigido apenas pequenas equipes do Nordeste.

————————————————————————————————————————————

Grupo A5
Altos-PI – Paulinho Kobayashi
Assu-RN – Júlio Terceiro
Moto Club-MA – Marcinho Guerreiro
Sparta-TO – Fernando Brasília

Tendo o ex-jogador do Santos, Paulinho Kobayashi como o mais conhecido, esse grupo também é formado por treinadores que são conhecidos apenas no âmbito regional, sendo que Júlio Terceiro tem sua primeira oportunidade, como técnico após ter sido um interessante volante de equipes medianas como Central-PE, América-RN e Luverdense-MT, onde chegou a ser um de seus principais valores.

————————————————————————————————————————————

Grupo A6
América-RN – Ney da Matta
Belo Jardim-PE – Pedro Manta
Guarani de Juazeiro-CE – Washington Luiz
Imperatriz-MA – Vinícius Saldanha

Esse grupo tem em Ney da Matta o treinador de maior expressão, sendo um dos mais caros de toda a Série D, chegando credenciado pelo título brasileiro da Série C de 2016 com o BOA-MG. Pedro Manta, Washington Luiz e Vinícius Saldanha tem trabalho no Nordeste e com relativo sucesso. Vinícius Saldanha, em seu melhor momento, chegou a dirigir o América de Rio Preto no Campeonato Paulista da A2 há dez anos.

————————————————————————————————————————————

Mauro Fernandes é o comandante do Central
Mauro Fernandes é o comandante do Central

Grupo A7
ASA-RN – Carlos Rabello
Central-PE – Mauro Fernandes
Jacuipense-BA – Jonilison Veloso
Imperatriz-MA – Vinícius Saldanha

O Grupo A7 tem dois treinadores muito experientes: Carlos Rabelo e Mauro Fernandes. Carlos Rabelo conquistou o improvável acesso com a Juazeirense-BA na Série D no ano passado e já comandou vários times do Brasil, com destaque para seu trabalho no interior paulista onde já dirigiu muitos times nos últimos vinte anos. Já Mauro Fernandes, junto com Estevão Soares, é o mais conhecido treinador da divisão, pois já dirigiu times grandes como Coritiba-PR, Sport-PE, América Mineiro e Botafogo-RJ e esse ano surpreendeu ao ser vice-campeão pernambucano com o Central-PE.

————————————————————————————————————————————

Grupo A8
Campinense-PB – Ruy Scarpino
Flamengo de Arcoverde-PE – Javier Diaz
Flu de Feira-BA – Evandro Guimarães
Murici-AL – Edson Ferreira

O grupo terá até treinador estrangeiro: o chileno Javier Diaz, que comanda o Flamengo de Arcoverde. Javier chegou ao clube logo após o fim do Pernambucano, sendo substituto de Cícero Monteiro. O chileno comandou o Sete de Setembro-PE na A-2 do estadual no ano passado.

O veterano treinador Ruy Scarpino é o mais conhecido da chave e volta a ser uma aposta do Campinense. O treinador tenta recuperação após trabalho instável no Sertãozinho. Evandro Guimarães tem comandado times da Bahia e o ex-ponta do Santos e Botafogo-RJ, Edson Ferreira, faz tempo que tenta emplacar como treinador, mas não vem tendo sucesso.

————————————————————————————————————————————

Grupo A9
Itabaiana-SE – Washington “Coração Valente”
Santa Rita-AL – Elenilson Santos
Treze-PB – Flávio Araújo
Vitória da Conquista-BA – Rodrigo Fonseca

Grande atacante de Fluminene e São Paulo, Washington Coração Valente agora tenta a sorte como treinador. O experiente Flávio Araújo, que tem feito muito sucesso no Nordeste e que na temporada passada levou o CSA ao acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro, é o grande trunfo do Treze-PB para o acesso. E Rodrigo Fonseca é bastante conhecido no interior paulista onde já dirigiu o Sertãozinho e o Botafogo de Ribeirão Preto, além de ter trabalhado nas categorias de base do Cruzeiro e em alguns clubes de Sergipe.

————————————————————————————————————————————

Grupo A10
Brasiliense-DF – Ailton Ferraz
Corumbaense-MS – Robert Almeida
Dom Bosco-MT – Elias Rosa
Iporá-GO – Gilberto Pereira

A estrela é Robert Almeida, que nos anos 1990/2000 foi um dos principais jogadores do Brasil jogando em grandes equipes e que depois de não decolar como empresário, tendo a carreira de treinador. Os demais treinadores são ex-jogadores que buscam um espaço no mercado, sendo que Gilberto Pereira, o “Papagaio” chegou a fazer um bom trabalho no Atlético Goianiense. Outro bastante conhecido é Ailton Ferraz, ex-jogador do Flamengo-RS, Grêmio-RS, Fluminense-RJ e Guarani e que tem feito bons trabalhos em times intermediários, já merecendo espaço em uma equipe de maior projeção.

————————————————————————————————————————————

Grupo A11
Aparecidense-GO – Everton Goiano
Ceilândia-DF – Adelson de Almeida
Novo-MS – Ricardo Perpétuo Silva
Sinop-MT – Paulo Foiani

De todos os treinadores da Série D, o ex-volante do Guarani, Santo André, Coritiba-PR e Joinville-SC, Paulo Foiani, parece ser o que tem um melhor futuro, sendo que Everton Goiano tem feito trabalhos de êxito no Norte e em Goiás, com Adelson de Almeida sendo referência no Distrito Federal.

————————————————————————————————————————————

Estevam Soares é um dos nomes mais conhecidos da competição
Estevam Soares é um dos nomes mais conhecidos da competição

Grupo A12
Espírito Santo-ES – Rafael Soriano
Itumbiara-GO – Estevam Soares
Macaé-RJ – Felipe Conceição
URT-MG – Rodrigo Santana

O Itumbiara vem para a competição com o treinador mais badalado de toda a competição: Estevam Soares, que já comandou times de grande expressão como Guarani, Ponte Preta, São Caetano, Palmeiras e Botafogo-RJ e que vê no acesso para a Série C a possibilidade de voltar a comandar uma grande equipes. Já Rodrigo Fonseca é o mais emergente e na temporada passada quase levou o URT ao acesso nessa divisão, assim como Rafael Soriano, de 32 anos e que tem dirigido times do interior carioca e do Espírito Santos. Felipe Conceição chegou a comandar o Botafogo no Campeonato Carioca desse ano.

————————————————————————————————————————————

Grupo A13
Américano-RJ – Josué Teixeira
Atlético-ES – Zé Humberto
Novorizontino-SP – Ito Roque
Uberlândia-MG – Felipe Surian

Esse grupo tem treinadores acostumados a conquistas como Zé Humberto, que tem feito bons trabalhos por onde passa, seja no interior de São Paulo, seja em Goiás, seja até no desacreditado futebol capixaba. Ito Roque é um referência no interior paulista e Felipe Surian já conquistou acesso nessa mesma divisão dirigindo o Volta Redonda-RJ.

————————————————————————————————————————————

Grupo A14

Caldense-MG – Johnatan Alemão
Linense-SP – Júlio Sérgio
Ex-goleiro do Santos
Madureira-RJ – Gilberto Corôa
Maringá-PR – Fernando Marchiori

Grupo que apresenta dois treinadores com ótimas perspectivas futuras: Julio Sérgio e Fernando Marchiori. Ex-goleiro do Santos e de times italianos, Júlio Sérgio tem a chance de recuperar o Linense, que foi rebaixado no Campeonato Paulista e Fernando Marchiori virou ídolo em Maringá onde vem fazendo grandes trabalhos e já merecendo dirigindo um time de maior projeção. A Caldense, que resolveu parar de investir no futebol, vem com um treinador que vai debutar na carreira.

————————————————————————————————————————————

Grupo A15
Caxias-RS – Luis Carlos Winck
Inter de Lages-SC – Juninho Chicchinato
Mirassol-SP – Moisés Egert
Nova Iguaçu-RJ – Marcus Alexandre

O time mais conhecido tem o treinador mais famoso. É o Caxias que apresenta o ex-lateral da Seleção Brasileira, Luiz Carlos Winck, que há 15 anos tenta encontrar um espaço como treinador, e que no ano passado dirigiu o Criciúma-SC na Série B do Campeonato Brasileiro, e que já havia ido bem no mesmo Caxias em anos anteriores. Moisés Egert é o mais emergente entre os treinadores do interior paulista e tem feito bons trabalhos por onde passa. Sem dinheiro e sem credibilidade, a Inter de Lajes apresenta um treinador que ninguém sabe quem é: Juninho Chicchinato que se apresenta como ex-auxiliar-técnico de vários times do Brasil.

————————————————————————————————————————————

Grupo A16
Cianorte-PR – Marcelo Caranhato
Ferroviária-SP – PC de Oliveira
Novo Hamburgo-RS – Paulo Henrique Marques
Tubarão-SC – Waguinho Dias

Esse grupo tem como destaque Waguinho Dias, que virou ídolo em Tubarão e que hoje é apontado um dos principais treinadores do Sul do Brasil após ter feito bons trabalhos em São Paulo. A Ferroviária mantém PC Oliveira, ex-treinador da Seleção Brasileira de Futebol de Salãoe que aposta na força da camisa grená.

————————————————————————————————————————————

Grupo A17
Brusque-SC – Pingo
Mogi Mirim-SP – Carlos Júnior
Prudentópolis-PR – Paulo Massaro
São José-RS – Rafael Jaques

O ex-volante Pingo tenta se firmar como treinador após alguns trabalhos medianos, com o Mogi Mirim indo do ex-lateral Ângelo Foroni, que vinha trabalhando na base do Guarani. O ex-atacante do Grêmio-RS, Guarani e de uma dezena de times do futebol mundial, Rafael Jaques quer usar a Série D para mostrar que pode dirigir um time de mais prestígio.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons