Fechar

Fechar

Saiba a necessidade de cada time para a última rodada do Paraibano 2018

Da Redação. Publicado em 26 de fevereiro de 2018 às 22:42.

Com os cinco jogos marcados para as 16h do próximo domingo, dia 4 de março, a décima e última rodada da fase classificatória do Campeonato Paraibano 2018 promete ser eletrizante.

Campinense, líder do Grupo A, Treze e CSP, respectivamente primeiro e segundo do Grupo B, estão classificados, no mínimo, para a segunda fase.

Nenhum time, porém, conseguiu se garantir a primeira colocação antecipadamente e, consequentemente, avançar diretamente às semifinais, o que teria acontecido se Raposa e Galo tivessem vencido seus compromisso ontem, contra Serrano e Sousa.

O certame agora tem três vagas em aberto no mata-mata, sendo duas para três clubes do Grupo A (Botafogo-PB, Sousa e Nacional de Patos), e uma vaga no Grupo B, também com três times na disputa (Atlético de Cajazeiras, Serrano e Desportiva Guarabira).

Antes de entender o que cada equipe precisa para passar de fase do Paraibano 2018, vale se atentar ao regulamento.

O time que fizer a melhor campanha da chave, independente da quantidade de pontos, garante-se nas semifinais, fase que terá o líder do Grupo A em uma ponta e o primeiro colocado do Grupo B em outra (situação de Campinense e Treze na tabela atual).

Para o mata-mata que antecede as semis, o regulamento diz que o segundo colocado da chave A enfrenta o terceiro do mesmo grupo em jogos de ida e volta. A mesma coisa acontece na chave B. Os times com melhor campanha, no caso os vice-líderes, decidem em casa e jogam pela igualdade na soma dos resultados: dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols.

Nesse caso, com base na tábua de classificação de momento, teríamos Botafogo-PB x Sousa e CSP x Atlético de Cajazeiras no mata-mata pré-semifinal, com Belo e Tigre na vantagem de decidir em casa e “jogar pelo empate”.

Vale salientar que na tarde da próxima quarta-feira (28), no Amigão, Serrano e Auto Esporte vão disputar os 35 minutos restante da partida da oitava rodada, paralisada no dia  17 de fevereiro, por falta de médico e ausência da Polícia Militar. O resultado dessa peleja pode alterar a classificação do Grupo B.

O que precisa cada time para se classificar

Foto: Voz da Torcida

Grupo A

Campinense: Líder da chave, com 20 pontos, só depende de suas próprias forças para se manter no posto e avançar diretamente para as semifinais. Para tanto, precisa vencer o Treze no segundo Clássico dos Maiorais da temporada. Em caso de empate ou derrota, dependerá de tropeço do Bota-PB, no Almeidão, diante do Atlético-PB, para continuar como primeiro da chave.

Botafogo-PB: Com 19 pontos, é o segundo colocado e vai para última rodada “secando” o Campinense. Se a Raposa tropeçar no dérbi, a vitória do Belo garante a liderança da chave e a classificação direta para as semifinais. O empate garante a equipe, na pior das hipóteses, na terceira colocação. Agora, em caso de derrota para o Trovão, o Belo pode até cair para a quarta colocação e ter que disputar o quadrangular da morte. Para isso acontecer, além da derrota no Almeidão, Sousa e Nacional precisariam vencer seus jogos fora de casa contra Desportiva e Serrano, respectivamente.

Sousa: Na terceira colocação, com 17 pontos, o Sousa até sonha com a liderança da chave, o que seria possível em caso de derrota do Bota-PB para o Atlético-PB e goleada do Treze sobre o Campinense. Nessa combinação, o Dino precisaria golear a Desportiva, em Guarabira, a ponto de tirar uma diferença de oito gols de saldo em relação ao Rubro-Negro. Uma vitória simples no Brejo, no caso, é suficiente para garantir o Sousa no mata-mata pré-semifinal independente de outros resultados.

Nacional de Patos: Com a derrota em casa ontem para o CSP, o Naça se manteve com 16 pontos e caiu para a quarta colocação. Agora, para se classificar, o Canário precisa vencer o Serrano no Presidente Vargas e torcer por uma derrota do Belo ou qualquer tropeço do Sousa em Guarabira.

Auto Esporte: Sem chances de classificação. Vai jogar o quadrangular da morte.

Grupo B

Treze: Após duas derrotas seguidas, para Botafogo-PB e Sousa, o Galo tem sua liderança ameaçada pelo CSP. No entanto, o Alvinegro depende somente de suas forças para se manter no posto e avançar para as semifinais. Para tanto, basta vencer o Clássico dos Maiorais do próximo domingo.

CSP: Classificado para o mata-mata, o Tigre corre agora para tentar roubar a primeira colocação do Treze. Isso será possível se conseguir vencer o Auto Esporte no Carneirão, em Cruz do Espírito Santo, e o Galo pelo menos empatar o clássico contra o Campinense.

Atlético de Cajazeiras: A situação do Trovão Azul é complicada. Além de ter que vencer o Botafogo-PB, no Almeidão, o time cajazeirense vai precisar torcer e muito contra o Serrano, que na quarta joga os 35 minutos da partida inacabada contra o Auto Esporte, e no domingo ante o Nacional de Patos, no PV. Caso Serrano 1 x 1 Auto se mantenha empatado na quarta, o Trovão, que tem oito pontos, perde a terceira colocação para o Lobo da Serra.

Serrano: Quarto colocado da chave, com oito pontos, o Serrano também só depende de suas forças para se classificar ao mata-mata. O Lobo joga os 35 minutos restantes contra o Auto Esporte na quarta, no Amigão, e no domingo pega o Nacional de Patos, no PV. O time comandado por Betão precisa de quatro pontos. Se conseguir pelo menos um ponto, vai torcer para que o Bota-PB faça seu papel de casa ante o Atlético-PB.

Desportiva: Praticamente “classificado” para o quadrangular da morte, o Azulão do Brejo pode até conseguir passar para o mata-mata. Só que sera necessária uma improvável combinação de resultados. Além de vencer o Sousa, em casa, com uma boa margem de gols, a Desportiva precisaria torcer para o Serrano perder para Auto Esporte e Nacional também com uma diferença grande de gols. O saldo atual do time brejeiro é de -14, contra -6 do Serrano e -4 do Atlético-PB.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube