Fechar

Fechar

“Rei do Acesso”, técnico responde sobre permanência no Treze em 2019

Da Redação. Publicado em 24 de julho de 2018 às 15:24.

São sete acessos conquistados, quatro finais de Campeonato Brasileiro disputadas e a classificação para mais uma garantida, além de dois títulos nacionais.

Sem mencionar os seis títulos estaduais, por Sampaio Corrêa, Barras-PI, Parnahyba (2) e Icasa, é esse o portfólio do cearense Flávio Araújo, de 55 anos, que assumiu o Treze no dia 20 de fevereiro em meio a um momento complicado e, cinco meses depois, coloca o Galo da Borborema numa histórica final de Série D.

Já com o acesso à Série C de 2019 garantido, o Alvinegro agora busca sair da fila sem título justamente com uma taça nacional, que seria a primeira da história do clube e a terceira da carreira do treinador.

O último troféu erguido pelo Treze foi em 2011, quando conquistou o bicampeonato paraibano. Já Flávio foi campeão da Série C do ano passado, quando treinava o CSA.

Na cabeça do torcedor trezeano, além da confiança na boa fase do time e da ansiedade por gritar “é campeão” depois de anos logo num Campeonato Brasileiro, está também a esperança de que seu comandante possa continuar no estádio Presidente Vargas na próxima temporada.

Desde a segunda fase da Série D que Flávio Araújo recebe propostas para deixar o Treze. Após a classificação às oitavas, ao eliminar a URT-MG nos pênaltis, no PV, quando havia forte sondagem do rival Botafogo-PB, o técnico galista afirmou que ficaria em Campina Grande, para alegria geral dos trezeanos.

Já na noite desta segunda-feira (23), depois de mais uma heroica classificação nos pênaltis, Araújo foi questionado sobre seu futuro, preste a conquistar mais um troféu na carreira.

Foto: Ascom / Treze FC

O treinador foi “escorregadio” na resposta, mas deixou bem aceso no torcedor alvinegro o sentimento de esperança de que possa permanecer no bairro de São José na temporada de 2019.

– Lógico que a diretoria tem interesse e eu também tenho. Só que o momento agora é de entressafra, porque não tem mais competição para o Treze. Aí o clube vai se planejar em termos estruturais. Em futebol ainda não, porque não tem competições para a equipe profissional. E o futuro… a gente depois senta, conversa. O mais importante agora é presentear essa torcida maravilhosa, que nos apoio e incentivou o tempo todo, com o título. Nós estamos focados em presentear a torcida com o título – afirmou Flávio, durante a entrevista coletiva de pós-jogo.

Nos próximos dois finais de semana o Treze faz seus dois últimos jogos de 2018. Primeiro, em Fortaleza, faz o jogo da ida da final da Série D contra o Ferroviário, decidindo no Amigão, uma semana depois, o título da quarta divisão nacional.

A CBF ainda não definiu datas e horários das partidas.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube