Fechar

logo

Fechar

Reforçados, Fluminense e Athletico-PR se enfrentam no Maracanã

Da redação com Folhapress. Publicado em 5 de dezembro de 2020 às 8:59.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Foto: Lucas Merçon/FFC

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – O Fluminense pode ter mudança embaixo das traves. Seguro quando testado, Marcos Felipe faz um 2020 superior ao titular Muriel e terá mais uma chance de mostrar serviço contra o Athletico-PR, neste sábado (5), às 19h, no Maracanã, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jovem de 24 anos respeita o “dono da posição”, mas admitiu se inspirar em Ricardo Berna, que saiu do banco para ser o goleiro do tricampeonato brasileiro do Tricolor em 2010.

“Me recordo da alegria muito grande que senti pelo time vencer o tricampeonato brasileiro. E eu, que sou goleiro, me lembro bem da oportunidade que o Ricardo Berna teve de se manter no fim do campeonato. Foi muito bem, ficou no gol. Pego isso para a minha vida. Ficar sem jogar é muito difícil. Ele conseguiu manter o alto nível dos goleiros para ajudar o Fluminense a conquistar esse título”, declarou.

Apesar da inspiração no ex-goleiro do Flu, único jogador na história a conquistar três títulos nacionais com a camisa do clube, Marcos Felipe pregou respeito à hierarquia.

“Posso dizer que vou estar preparado independente da opção do treinador. Se eu tiver a oportunidade de jogar ou tendo que esperar mais um pouco, estarei preparado. Tenho que respeitar o Muriel, que é o titular. Não me considero titular, respeito a hierarquia, mas estarei preparado independente da escolha do treinador”, disse.

A estreia como profissional foi em 2016, mas a primeira sequência aconteceu apenas em 2019, justamente em uma brecha dada por Muriel, que se lesionou e ficou de fora no fim do Brasileirão. Em seis jogos, Marcos Felipe saiu invicto e tomou apenas três gols. Na atual temporada, são mais seis jogos -sempre quando o titular está fora-, com seis gols sofridos e apenas uma derrota. Enquanto isso, o experiente camisa 29, homem de confiança de Odair Hellmann, não faz boa temporada: já tem nove falhas graves em 2020.

O tempo como reserva, por vezes, foi difícil, mas tornou o capixaba de 24 anos mais paciente.

“Conforme o tempo passa, a gente vai ficando mais experiente, o que nos deixa mais tranquilos em campo. Goleiro, como falei, tem que estar sempre muito bem preparado física e mentalmente, porque pode aparecer uma chance, voltar ao banco, receber outra chance depois, tem que estar sempre bem”, opinou.

Para o confronto com o Athletico, o Fluminense terá o retorno de atletas importantes. Recuperados de covid-19, Hudson, Michel Araújo e Egídio reforçam o time titular escalado por Odair Hellmann. Nino, que também se recuperou de coronavírus e cumpriu os 10 dias de isolamento estabelecidos pelo protocolo da CBF, ficará no banco de reservas. Já Fred, que voltou aos treinos esta semana após sofrer uma entorse no tornozelo, precisará de mais tempo para readquirir a melhor forma e não irá para o jogo.

O Tricolor ainda terá muitos desfalques para o jogo: Yago também está fora com uma torção no joelho, e Lucca, Danilo Barcelos, Digão, Muriel e Yuri ainda cumprem os dez dias de isolamento por também por terem testado positivo para coronavírus.

O Fluminense é o oitavo colocado, com 36 pontos, e vem de um empate sem gols com o RB Bragantino no Maracanã. Já o Athletico está em 12º, com 28 pontos. A equipe de Paulo Autuori vinha em uma boa reação no campeonato, mas perdeu por 3 a 0 para o Palmeiras na rodada passada.

Para o duelo no Maracanã, o Athletico contará com o retorno de alguns atletas que estavam com Covid-19. São eles o goleiro Santos, o zagueiro Zé Ivaldo, o lateral-esquerdo Abner, o volante Alvarado, os meias Fernando Canesin e Nikão e o atacante Geuvânio. O volante Christian, suspenso, não poderá atuar.

FLUMINENSE
Marcos Felipe; Calegari, Matheus Ferraz, Luccas Claro, Egídio; Hudson, Martinelli, Michel Araújo, Nenê; Wellington Silva, Marcos Paulo. T.: Odair Hellmann

ATHLETICO-PR
Santos; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno, Abner; Richard, Fernando Canesin, Léo Cittadini, Nikão, Carlos Eduardo, Renato Kayzer. T.: Paulo Autuori

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 19h deste sábado
Juiz: Ramon Abatti Abel (SC)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube