Fechar

Fechar

Piloto alemão vence primeiro GP de Fórmula 1 da temporada

Da Redação com Gazeta Press. Publicado em 25 de março de 2018 às 9:21.

A Fórmula 1 deu sinais neste domingo de que sua nova temporada deverá ser mais imprevisível que as dos últimos anos. Sebastian Vettel e Lewis Hamilton protagonizaram uma excelente disputa no circuito de Albert Park, em Melbourne, na Austrália, e mesmo com o atual campeão mundial largando na pole position e sinalizando que iria subir no lugar mais alto do pódio sem maiores problemas, a Ferrari mostrou persistência e foi feliz em sua estratégia de pit stop para fazer com que Vettel voltasse à pista na frente do rival por conta do safety car, mantivesse a ponta e conquistasse a vitória no primeiro GP de 2018.

Além do triunfo neste domingo, Sebastian Vettel também se tornou o terceiro piloto da história a liderar 3 mil voltas na Fórmula 1. Os outros dois a conseguirem o feito foram Michael Schumacher e Lewis Hamilton.

Empatados com quatro títulos mundiais, Lewis Hamilton e Sebastian Vettel vivem a expectativa de erguerem o quinto troféu neste ano e igualarem uma das maiores lendas do automobilismo: o argentino Juan Manuel Fangio, pentacampeão da Fórmula 1.

Neste domingo, Hamilton largou muito bem e não deu brechas para as Ferraris, que estavam em sua cola, fazerem a ultrapassagem logo no início da prova. Dos três primeiros do grid, Kimi Raikkonen foi o primeiro a parar nos boxes, no entanto, foi Vettel quem mais se beneficiou da troca de pneus, aproveitando o safety car virtual na pista para voltar na mesma posição, já que não são permitidas ultrapassagens enquanto o circuito não é liberado pela organização da prova.

foto: divulgação

Companheiro de Hamilton na Mercedes, Valtteri Bottas, teve de largar na 15ª colocação por ter de trocar a caixa de câmbio após sua batida no treino classificatório e, mesmo com um carro superior ao de seus demais concorrentes, terminou somente no oitavo posto.

Já o holandês Max Verstappen (Red Bull), que iniciou os trabalhos na quarta colocação, perdeu o controle do carro ainda no início da prova e caiu para o oitavo lugar. Sem nada a ver com isso, Kevin Magnussen e Romain Grosjean , ambos da Haas, aproveitaram a oportunidade e, surpreendentemente, se mantiveram na quarta e quinta colocações, respectivamente, por um bom tempo antes de sofrerem com problemas na troca de pneus e abandonarem a prova.

Outra surpresa deste domingo foi Fernando Alonso. O bicampeão mundial largou em décimo lugar e fez uma corrida bastante segura para ganhar posições e terminar em quinto, mostrando que sua McLaren poderá dar mais alegrias aos fãs neste ano ao conseguir segurar o ímpeto de Verstappen, que mesmo com um carro superior terminou em sexto.

Piloto da casa, Daniel Ricciardo por pouco não ficou em terceiro lugar e se estabeleceu como o primeiro australiano a garantir um pódio no GP da Austrália. O piloto da Red Bull teve de largar na oitava colocação após ter sido punido com a perda de três posições, porém, se recuperou e acabou no quarto posto.

Substituto de Felipe Massa na Williams, Sergey Sirotkin não foi feliz em sua estreia na Fórmula 1 e acabou abandonando a prova por problemas mecânicos. Além do russo e da dupla da Haas, Pierre Gasly, da Toro Rosso, e Marcus Ericsson, da Sauber, também não completaram o GP da Austrália.

Os pilotos voltam a entrar em ação no GP do Bahrein, marcado para o próximo dia 8 de abril, às 12h10 (de Brasília)

Confira a classificação clicando no link abaixo:

pic.twitter.com/OekaE51XBO

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube