RODADA

Paraná vence o Criciúma e chega à vice-liderança da Série B

14/10/2017 às 7:31

Fonte: Da Redação com Gazeta Net

foto: Gazeta Press

 O Paraná Clube segue a passos largos seu caminho de volta para a Série A do Campeonato Brasileiro e desta vez bateu, de virada, o Criciúma por 2 a 1, na Vila Capanema, em Curitiba. Com o resultado, o Tricolor assume a vice-liderança da Série B. Já a equipe catarinense fica mais longe do grupo de líderes, com 42 pontos, na oitava colocação.

O Tigre saiu na frente, logo aos quatro minutos, depois que Alex Maranhão, em sua segunda chance em cobrança de falta, balançou a rede. A resposta veio aos 16 minutos, com Iago Maidana aproveitando escanteio para testar e deixar tudo igual. Depois do intervalo, João Pedro, aos 15 minutos, marcou de falta para virar.

Na próxima rodada, o Paraná Clube enfrenta o Ceará, terça-feira, no estádio Castelão, em Fortaleza. Já o Criciúma recebe o Vila Nova, no mesmo dia, no estádio Heriberto Hulse.

LONDRINA

Não foi uma boa noite de sexta-feira para o torcedor do Juventude. A forte chuva foi apenas um adendo na derrota do time gaúcho por 2 a 0 para o Londrina. Com um gol no primeiro tempo e outro no segundo, a equipe comandada por Cláudio Tencati ganhou um respiro na Série B e encostou nos clubes que figuram a primeira parte da tabela.

O jogo acabou sendo muito disputado, mas pouco técnico e vistoso. Os dois times abusaram das ligações diretas e aproveitaram a grama molhada para testar os goleiros. Por meio desses casos saíram os tentos do Londrina. Primeiro, Germano fez de cabeça e, depois, Safira arriscou de longe para dar números finais ao duelo. Com a desvantagem no placar, o Juventude ofereceu pouco susto e acabou se perdendo com o revés no marcador.

PAYSANDU

Nesta noite de sexta-feira, Paysandu e CRB entraram em campo buscando melhorar a situação na tabela de classificação da Série B. Depois de um jogo com momentos bem distintos, nenhuma equipe conseguiu se sobressair para vencer o jogo. Apesar das oportunidades, o resultado final acabou não sendo dos melhores para nenhum time e o empate por 0 a 0 teve gosto amargo para os treinadores Marquinhos Santos e Mazola Júnior.

Um jogo que se encaminhava muito tranquilo, sem grandes oportunidades e com os goleiros pouco exigidos. Foi assim até a metade da segunda etapa. Depois, o jogo foi eletrizante e apreensivo para os torcedores de ambos os times. Edson Kolln e Emerson começaram a trabalhar e foram determinantes na igualdade do placar.

Veja também

Comentários

Simple Share Buttons