Fechar

Fechar

Osório detona Neymar e arbitragem e diz que “futebol é esporte de homens”

Da Redação. Publicado em 2 de julho de 2018 às 16:41.

Foto: CBF

Foto: CBF

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Juan Carlos Osorio não aceitou bem a derrota do México por 2 a 0 para o Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo. Ainda no gramado da Arena Samara, o treinador da equipe derrotada detonou Neymar, que recebeu um pisão sem bola de Layun, quando estava fora do gramado, na segunda etapa -o mexicano não recebeu nem o cartão amarelo.

O técnico também criticou a arbitragem do italiano Gianluca Rocchi nesta segunda-feira (2), e falou em favorecimento ao Brasil.

“É um péssimo exemplo para o mundo do futebol e para todas as crianças que estão acompanhando. Futebol é um esporte forte, esporte de homens. E não deveria perder tanto tempo assim com um jogador só. Foram quatro minutos”, disparou.

O comandante mexicano também disparou contra arbitragem, e não mediu palavras para falar em favorecimento ao Brasil. “Acho que a arbitragem favoreceu totalmente o Brasil. Os atacantes sempre buscaram a falta, ele sempre marcou e protegeu mais o Brasil”, disparou.

Mesmo assim, o técnico fez questão de parabenizar a coragem dos jogadores do México pela partida contra o Brasil. “A partida foi muito parelha, acho que o México jogou de forma parelha com o Brasil. Chegamos, mas não tivemos a eficácia no último terço de campo. Quando se enfrenta uma equipe como esta, nos dispomos a sofrer qualquer tipo de jogadas”, lamentou.

Questionado sobre sua permanência na seleção, o treinador disse que isso ainda não foi decidido. “Acho que o importante agora é tomar as decisões com calma, fazer uma análise meticulosa, vermos os detalhes. Os chefes tomarão as decisões deles, e a gente as nossas”.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube