Fechar

logo

Fechar

Mesmo com um jogador a menos, Goiás passa pelo líder Internacional

Da redação com Folhapress. Publicado em 13 de setembro de 2020 às 20:57.

Foto: Heber Gomes/AGIF

Foto: Heber Gomes/AGIF

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Goiás ficou com um jogador a menos logo no início do jogo. Mas mesmo assim venceu o Inter. Na noite deste domingo (13), o Esmeraldino fez 1 a 0, gol de Vinícius Lopes, pela 10ª rodada do Brasileiro, e deixou a última posição do campeonato.

Jefferson recebeu vermelho com menos de dois minutos de bola rolando. Mas com uma defesa fechada e se aproveitando de uma falha do goleiro Marcelo Lomba, o Goiás conseguiu somar três pontos que o tiram da lanterna. Agora, com oito pontos, a equipe pulou para o 18º lugar. O time colorado, com 20, segue em primeiro.

O Internacional tem compromisso na próxima quarta-feira. A Libertadores volta ao calendário com a partida contra o América de Cali, no Beira-Rio. Já o Goiás atuará apenas no domingo (27), contra o Ceará, pelo Brasileiro, porque o Flamengo solicitou adiamento da partida entre eles, que seria no próximo final de semana, em razão de dois compromissos pela competição continental fora do Brasil.

FOI BEM: RAFAEL MOURA
Com o Goiás praticamente sem criar chances, Rafael Moura não teria função no ataque. E percebendo isso, o jogador tratou de recuar. Fez função de volante e muitas vezes de zagueiro, sendo importante para sua equipe.

FOI MAL: JEFFERSON
O jogo tinha pouco mais de um minuto de bola rolando e Jefferson foi expulso. Em uma jogada muito forte, deu carrinho por trás em Marcos Guilherme. Inicialmente levou o amarelo, mas após revisar o lance no VAR, o árbitro optou pela expulsão. O meia do Colorado precisou ser substituído, lesionado.

ABEL HERNÁNDEZ ESTREIA COMO TITULAR
Abel Hernández teve a primeira oportunidade desde o início do jogo. Comandando o ataque do Inter, o uruguaio não teve muitas oportunidades. Na principal, no primeiro tempo, cara a cara com goleiro bateu fraco e viu Tadeu ficar com ela. No segundo tempo, mais uma chance apareceu e ele perdeu de novo.

Foto: Ascom/Internacional

O JOGO DO GOIÁS
O Goiás ficou com um jogador a menos com menos de dois minutos de jogo. E por isso se defendeu bravamente. Com todos os jogadores atrás da linha do meio, o time de Thiago Larghi tinha apenas uma alternativa para ameaçar o Inter: a bola parada. E foi exatamente assim que saiu na frente. Um cruzamento despretensioso acabou em falha da zaga, de Marcelo Lomba, e gol de Vinícius Lopes.

O JOGO DO INTER
O Inter teve muita posse de bola, mas pouca penetração. Rodou a bola de um lado a outro do campo de ataque sem conseguir entrar. Quando conseguiu, Abel Hernández desperdiçou a chance. No restante do jogo, tentou cruzamentos, passes errados e criou muito pouco.

GOIÁS
Tadeu; Edilson, David Duarte, Fabio Sanches e Jefferson; Sandro, Breno (Ratinho) e Daniel Bessa (Gilberto); Vinícius Lopes, Keko (Caju) e Rafael Moura. Técnico: Thiago Larghi

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Rodinei (Moledo), Pedro Henrique (Lindoso), Cuesta e Moisés; Musto, Edenilson, Praxedes (Galhardo) e Marcos Guilherme (Boschilia); D’Alessandro (Fernández) e Abel Hernández. Técnico: Eduardo Coudet

Local: estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Alex Ang Ribeiro
VAR: José Claudio Rocha Filho
Cartões amarelos: Fabio Sanches, Marcelo Rangel (GOI); Cuesta, Praxedes, Pedro Henrique (INT);
Cartões vermelhos: Jefferson (GOI)
Gols: Vinícius Lopes, do Goiás, aos 44 minutos do primeiro tempo

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube