Fechar

logo

Fechar

Mesmo com apoio do CD, novo presidente do Campinense admite: “Não estou pronto”

Da Redação. Publicado em 4 de outubro de 2018 às 22:12.

Horas depois de o Conselho Deliberativo divulgar nota de apoio ao novo presidente do Campinense, que é o empresário Félix Braz, o Felinho, o dirigente concedeu entrevista coletiva no estádio Renatão na tarde desta quinta-feira (04).

O pronunciamento pode ser considerado uma posse informal, já que o então vice assume a Raposa após a Justiça determinar o afastamento de William Simões, investigado na Operação Cartola por irregularidades no Paraibano 2018.

Foto: Reprodução / TV-PB

Ladeado pelo supervisor de futebol do clube, Dorgival Pereira, e do presidente do Conselho, Sebastião Antonino de Macedo, o novo mandatário rubro-negro se mostrou tímido diante das câmeras e não poupou sinceridade ao admitir: “não me sinto pronto, não. Mas com a ajuda de todos, nós vamos colocar o time para frente”.

– Eu não tenho experiência no cargo. Nunca trabalhei diretamente no futebol. Sempre fui vice-presidente, mas um pouco distante (do dia a dia). Mas com o tempo a gente dá conta do recado – justificou.

Com atuação na construção civil e frequentador assíduo dos jogos do Campinense, dentro ou fora de Campina Grande, Félix Braz afirmou que pretende dar sequência ao trabalho desenvolvido desde o final de 2010 pelo seu antecessor e avisou que espera contar com os chamados “abnegados rubro-negros”, que dão suporte financeiro ao clube.

Em relação ao planejamento para a temporada 2019, Felinho disse que deve se reunir com o técnico Francisco Diá na próxima semana, provavelmente na quarta-feira (10), para agilizar os detalhes que dizem respeito às contratações.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube