Fechar

Fechar

Sousa aciona Justiça Desportiva e quer parar campeonato para “ressuscitar”

Da Redação. Publicado em 16 de março de 2018 às 13:42.

O Campeonato Paraibano, mais uma vez, pode ver sua disputa para nas barras da Justiça Desportiva.

Na manhã desta sexta-feira (16), o Departamento Jurídico do Sousa, eliminado do certame ontem, pelo Botafogo-PB, protocolou pedido de uma liminar no TJD-PB (Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Paraíba) para que não haja rodada no fim desta semana das semifinais do Paraibano.

O Dinossauro quer “ressuscitar” no estadual.

Embora mal redigido, o regulamento da competição aponta, com confirmação da Federação Paraibana de Futebol, que Serrano e Campinense se enfrentam em uma perna das semifinais, enquanto Botafogo-PB e Treze disputariam a outra ponta desta fase. As duas partidas, inclusive, estão marcadas pela entidade para o próximo domingo, às 16h, em Campina Grande e João Pessoa, respectivamente.

Acontece que, por uma interpretação do regulamento, o Sousa alega ter a vaga nas semifinais, já que entende que somou 23 pontos na competição, enquanto o Serrano tem apenas 17, contando as duas fases.

O presidente do Dinossauro, Aldeone Abrantes, explicou sua visão da situação.

– A questão principal é a reivindicação do Sousa na semifinal. Que seja aplicado o artigo 9, no paragrafo terceiro. Ele não deixa nenhuma dúvida que é um direito líquido e certo nosso. Temos 23 pontos somando as duas fases, e lá fala que é o critério principal para você ir para a semifinal é a soma dos pontos nas duas fases, e estamos certos que temos esse direito – explicou.

Ainda na quinta-feira (15), antes da partida da pré-semifinal entre Botafogo-PB e Sousa, a FPF divulgou a escala de arbitragem dos jogos do quadrangular da morte e das semifinais, que podem acontecer (ou não) no próximo domingo (18).

Para o dirigente, a Federação se apressou para resolver a questão e acabou realizando um sorteio que não tem validade.

Foto: Voz da Torcida

– Primeiro que o sorteio não é regular. Quem pede juiz é o clube mandante. Se o Treze é visitante, na ótica da Federação (que entende que o Galo tem vantagens nas semi por ter sido primeiro do seu grupo), ele não pode pedir, está no regulamento. Conversei com o pessoal do Botafogo-PB, e isso não tem regularidade jurídica. Essas coisas feitas nas pressas não dão certo – lamentou.

Antes de ir ao Tribunal, Aldeone foi questionado sobre a possibilidade dos jogos da semifinais serem disputados neste fim de semana serem disputados sem o Sousa.

– Depende do TJDF-PB. Mas acho difícil – analisou.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube