Fechar

logo

Fechar

Irreconhecível, São Paulo perde para o rebaixado Botafogo no fechamento da rodada

Da redação com Folhapress. Publicado em 22 de fevereiro de 2021 às 22:29.

Foto: Ascom/Botafogo

Foto: Ascom/Botafogo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Diante do já rebaixado Botafogo, o São Paulo deixou escapar nesta segunda (22) a chance de garantir uma vaga na fase de grupos da Libertadores. No estádio Engenhão, a equipe tricolor perdeu por 1 a 0, em duelo pelo Campeonato Brasileiro no qual teve um atleta expulso e ainda desperdiçou um pênalti.

A última chance de classificação direta para as chaves da competição continental agora ficou para o confronto contra o líder Flamengo, na última rodada.

A equipe paulista teve novamente uma atuação apática nesta segunda, sem criatividade, com uma série erros na defesa, semelhante aos que lhe custaram a oportunidade de brigar pelo título do Nacional.

A partir dos 28 minutos da etapa inicial, passou ainda a jogar com um a menos, quando Reinaldo fez uma falta como último homem da defesa ao derrubar Warley e foi expulso.

Agora, sem poder contar com o lateral esquerdo titular e seu reserva imediato, Léo, que levou o terceiro cartão amarelo, o time tricolor, com 63 pontos, em quarto lugar, precisará vencer o Flamengo na próxima quinta-feira (25), às 21h30, no Morumbi, para ir à disputa de grupos da Libertadores de forma direta. Em caso de nova derrota, terá de torcer para o Fluminense, 61, não passar de um empate com o Fortaleza.

Não será jogo fácil, afinal o time de Rogério Ceni também precisa dos três pontos para ser campeão sem precisar que o Internacional não passe de um empate com o Corinthians, no Beira-Rio, no mesmo dia e horário –a equipe carioca lidera o Brasileiro, com dois pontos a mais do que os gaúchos (71 a 69).

Na última vez em que encontrou com o Flamengo, contudo, o São Paulo venceu por 3 a 0, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, em 18 de novembro –no duelo de ida, também havia vencido, por 2 a 0, no Maracanã.

Àquela altura da temporada, o time então comandado por Fernando Diniz, recentemente demitido, estava em grande fase, brigando pelo título do mata-mata e também do Nacional.

Bem diferente da equipe que pouco conseguiu levar perigo à meta do goleiro Diego Lourieiro durante toda a primeira etapa do confronto desta segunda-feira. Enquanto isso, Tiago Volpi teve mais trabalho, com 11 finalizações dos botafoguenses.

Depois de tanto insistir na primeira etapa e terminá-la zerado, o Botafogo abriu o placar aos 11 minutos do segundo tempo, com Matheus Babi. O atacante venceu uma disputa pelo alto com Arboleda e marcou de cabeça.

Foto: Ascom/Botafogo

Foto: Ascom/Botafogo

Nem assim o São Paulo reagiu. Pelo contrário, quem cresceu ainda mais na partida foi a equipe carioca, que rondou a área são-paulina em busca do segunda gol.

Perto do fim, aos 37 minutos, o são-paulino Galeano e o botafoguense Hugo dividiram a bola na área carioca, e o atleta do time visitante acabou caindo. O árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Luciano desperdiçou. O placar seguiu a favor do clube alvinegro até o fim.

BOTAFOGO
Diego Loureiro, Kevin, Marcelo Benevenuto, Sousa e Hugo; Luiz Otávio (Barrandeguy), Kayque (Matheus Babi) e Bruno Nazário (Cesinha); Warley (Davi Araújo), Ênio e Rafael Navarro (Matheus Nascimento). T. (interino): Lúcio Flávio

SÃO PAULO
Tiago Volpi, Juanfran (Igor Vinícius), Arboleda, Bruno Alves (Hernanes) e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Igor Gomes (Joao Rojas) e Gabriel Sara (Galeano); Luciano e Toró (Léo). T. (interino): Marcos Vizolli

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil e Éder Alexandre (SC)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Cartões amarelos: Rafael Navarro, Luiz Otávio e Bruno Nazário (BOT); Bruno Alves, Igor Gomes, Pablo, Hernanes e Léo (SAO)
Cartão vermelho: Reinaldo (SAO), aos 28min do 2ºT
Gol: Matheus Babi (BOT), aos 12min do 2ºT

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube