Fechar

logo

Fechar

Grêmio se aproxima de oitavas da Taça Libertadores

Da redação com Folhapress. Publicado em 29 de setembro de 2020 às 23:49.

Foto: Ascom

Foto: Ascom

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Grêmio venceu a Universidad Católica-CHI por 2 a 0, nesta terça (29), e se aproximou da classificação antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores. Pepê e Rodrigues fizeram os gols, ambos no segundo tempo.

A vaga na próxima fase pode até ser confirmada nas próximas horas, dependendo do resultado de América de Cali e Inter.

Com a vitória, o Grêmio chegou aos 10 pontos e assumiu a liderança do grupo E. Já a Universidad Católica estaciona nos quatro pontos.

Na próxima rodada, o Grêmio recebe o América de Cali e a Católica recebe o Inter.

A atuação na Arena do Grêmio foi incomum: menos posse de bola e até gol de zagueiro como centroavante, mas fez por valer o placar, em duelo válido pela quinta rodada.

QUEM BRILHOU: RODRIGUES
O zagueiro herdou vaga no time depois de Geromel e Kannemann testarem positivo para Covid-19 e foi bem. Firme e seguro atrás, ainda curtiu de atacante em vários momentos do jogo e em uma das investidas à frente, se posicionou como centroavante para marcar primeiro gol no Grêmio.

QUEM FOI MAL: HUERTA
Zagueiro da Católica, Huerta não achou Pepê e Rodrigues na Arena do Grêmio. Mas dias antes, ele também não encontrou os documentos para embarcar rumo ao Brasil. Foi salvo pela esposa, que chegou a receber homenagem do clube chileno.

GRÊMIO ASSISTE À CATÓLICA
O Grêmio assistiu à Católica ficar com a bola. Literalmente. Nos primeiros 10 minutos, o time de Renato Gaúcho só teve 18% da posse. O que parecia um problema, ao longo do jogo, se revelou estratégia.

A ideia gremista era justamente esperar os espaços deixados por uma equipe que queria muito ficar perto do gol de Vanderlei. Com essas brechas, a atuação foi melhorando. A ponto de virar vantagem no placar.

Pepê e Rodrigues, em menos de 20 minutos, transformaram o domínio preocupante do time chileno em posse improdutiva. Se o plano se mostrou efetivo, é preciso dizer que não foi sem sustos. A defesa sofreu para controlar a progressão, mas teve apoio de Matheus Henrique, Darlan e Alisson.

CHILENOS DOMINAM E NÃO MARCAM
O time de Ariel Holan adiantou linhas, tomou a bola e ficou com ela em todo primeiro tempo. Chegou a forçar Vanderlei a grande defesa no início, mas depois não encontrou opções para ocupar a faixa do campo mais perto da meta. Ficou rondando a área. No segundo tempo, piorou.

A defesa da Católica perdeu o duelo físico no lance que Pepê concluir e abriu o placar. E depois, o time desistiu do lance em que Rodrigues ficou sozinho dentro da área para ampliar o escore.

GRÊMIO
Vanderlei; Orejuela, Rodrigues (Ruan), David Braz e Cortez; Matheus Henrique, Darlan, Robinho (Thaciano), Alisson e Pepê (Ferreira); Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho

UNIVERSIDAD CATÓLICA
Dituro; Fuenzalida, Germán Lanaro, Valber Huerta e Rebolledo; Saavedra, Gastón Lezcano, César Pinares, Luciano Aued e Edson Puch; Fernando Zampedri. Técnico: Ariel Holan

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Auxiliares: Gabriel Chade (ARG) e Facundo Rodríguez (ARG)
Cartões amarelos: Orejuela, Robinho (GRE); Fuenzalida, Aued (CAT)
Gols: Pepê, a 1 minuto do segundo tempo; Rodrigues, aos 17 minutos do segundo tempo (GRE)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube