Fechar

Fechar

Flamengo decide Copa Sul-Americana com Independiente para ‘salvar’ o ano

Da Redação. Publicado em 13 de dezembro de 2017 às 11:38.

O Flamengo conquistou o título carioca e uma vaga na próxima Copa Libertadores. Mas mesmo assim, pelo investimento feito, a torcida considera que o ano não foi dos melhores. Afinal de contas, o Rubro-Negro foi eliminado na fase de grupos da Libertadores, perdeu a final da Copa do Brasil para o Cruzeiro e esteve longe da briga pelo título do Brasileirão.

Para salvar o fim de ano, então, o time carioca tenta conquistar o título da Copa Sul-Americana e pelo segundo jogo da final recebe o Independiente da Argentina nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã.

Na partida de ida o Independiente ganhou por 2 a 1 e tem a vantagem do empate. O Flamengo, se devolver o triunfo por um gol de diferença, força a disputa da prorrogação de trinta minutos e até de pênaltis, independentemente do marcador, já que na decisão, ao contrário do restante da competição, os tentos anotados como visitante não valem como critério de desempate. Para dar a volta olímpica nos noventa minutos, o Fla precisa ganhar por dois ou mais gols de vantagem.

Foto: Divulgação

Reinaldo Rueda, técnico do Flamengo, passou a semana passando para seus jogadores a importância de seus jogadores manterem um nível de concentração em alta, para não serem surpreendidos.

“Não podemos vacilar, cometer um único erro em um jogo desse porte, pois o preço que se paga é caro. No primeiro jogo abrimos o placar e dominamos em algumas ocasiões, porém, o adversário se aproveitou de algumas fragilidades nossas”, disse Rueda.

Porém, cometer poucos erros, também é estratégia do time argentino: “Vai ser uma final que vai exigir o erro zero da nossa parte. Não podemos cometer nenhum equívoco e temos que mostrar a mesma determinação do primeiro jogo”, explicou o treinador do Independiente, Ariel Holan.

Os jogadores do Rubro-Negro não escondem que o apoio da torcida pode ser determinante. “A nossa expectativa é a do Maracanã empurrando o nosso time os noventa minutos. A torcida do Flamengo sabe que pode fazer a diferença. Agora jogamos em casa, junto com a nossa torcida. Final não tem bola perdida, não tem cansaço. Vamos com tudo para poder reverter esse quadro”, disse o meia Everton Ribeiro.

Em termos de escalação os dois times fazem mistério. Rueda tem apenas uma dúvida de ordem técnica no Flamengo: o meia Everton, livre de uma série de lesões que comprometeram seus últimos meses, pode assumir a vaga de Lucas Paquetá, que vem formando dupla de frente com Felipe Vizeu.

Vale lembrar que o Fla segue sem poder contar com uma de suas estrelas, o atacante peruano Paolo Guerrero, suspenso por doping.

Pelo lado do Rei de Copas, o técnico Ariel Holan tem uma dúvida de ordem tática. Ele pode sacar o meia Martín Benítez e fortalecer a zaga, promovendo a entrada do zagueiro Fernando Amorebieta.

Flamengo e Independiente decidiram uma final continental, a Supercopa dos Campeões da Copa Libertadores, em 1995. Os argentinos ganharam na ida por 2 a 0 e deram a volta olímpica no Maracanã, mesmo perdendo por 1 a 0.

Matérias Relacionadas
Simple Share Buttons

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube