Quantcast

Fechar

logo

Fechar

Everton brilha, mas Grêmio cede empate ao Bahia

Da Redação. Publicado em 10 de julho de 2019 às 22:40.

Foto: Ascom

JEREMIAS WERNEK

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Everton brilhou no retorno ao Grêmio depois de ser campeão da Copa América com a seleção brasileira, mas não foi suficiente. Nesta quarta (10), o time gaúcho chegou a sair na frente do placar, mas cedeu o empate ao Bahia em Porto Alegre. O placar de 1 a 1 na partida, válida pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, deixa o duelo totalmente aberto.

Everton marcou para o Grêmio ao converter pênalti no fim do primeiro tempo. Gilberto fez o gol do Bahia pouco depois do intervalo.

Os dois times voltam a se enfrentar na quarta-feira da semana que vem (17), em Salvador. Antes disso, os clubes atuam pelo Brasileiro.

O Grêmio recebe o Vasco, e o Bahia encara o Santos também como mandante – ambos os duelos estão marcados para sábado.

A escalação do Grêmio surpreendeu com André como titular e Luan no banco. Diego Tardelli, vetado pelos médicos, foi ao estádio e assistiu ao jogo.

EVERTON BRILHA COM DRIBLES

Xodó na seleção, ovacionado no Grêmio. Everton flutuou em campo diante do Bahia em atuação cheia de confiança. Os dribles se encaixaram, e o time visitante sofreu para conseguir conter o meia-atacante. Além da moral elevada, o camisa 11 esbanjou técnica e explosão para encarar até três marcadores na mesma jogada.

QUEM DECEPCIONOU: PAULO VICTOR

O goleiro errou saída em escanteio no começo do segundo tempo e assistiu Gilberto marcar.

GRÊMIO VARIA CONCLUSÕES

O Grêmio manteve o modelo de jogo de controle com a bola, mas conseguiu apresentar pequenas evoluções. Depois de um início amarrado, até no ritmo da partida, a equipe da casa acuou o adversário e passou a empilhar chances.

Conseguiu chutes de fora da área e lances em que a bola foi rolada da linha de fundo para trás – em um deles, André cabeceou, e Douglas salvou com os pés.

BAHIA SE FECHA E VAI BEM NAS BOLAS PARADAS

Organizado, o Bahia recuou as linhas e esperou o Grêmio atacar para explorar o contra-ataque. Mesmo com estratégia clara e grande aplicação, o time de Roger Machado não conseguiu impor a proposta e foi vendo a equipe mandante tomar conta.

A melhor parte do jogo para a equipe baiana foi, sem dúvida, a bola parada. Assim nasceu o empate e boas oportunidades no decorrer da etapa final.

CRONOLOGIA

Aos 45 minutos do primeiro tempo, Everton é derrubado por Douglas na área, e o pênalti é marcado. No minuto seguinte, o próprio camisa 11 cobra e faz o gol do Grêmio. Gilberto, após escanteio, empata para o Bahia aos 3 minutos do segundo tempo.

GREMISTAS VAIAM TROCA

Na metade do segundo tempo, o estádio se animou quando Luan foi chamado para entrar no jogo. Poucos minutos depois, a reação com a notícia de que o camisa 7 ia entrar na vaga de Jean Pyerre. Vaias foram disparadas a Renato Gaúcho.

VIZEU TORCE O JOELHO

Felipe Vizeu levou a pior em dividida com Lucas Fonseca na reta final da partida e não conseguiu continuar. Como já havia feito as três substituições, o Grêmio foi obrigado a terminar o jogo com um a menos em campo.

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Pepê), Jean Pyerre (Luan) e Everton; André (Felipe Vizeu) T.: Renato Gaúcho

BAHIA
Douglas; Nino Paraíba (Flávio), Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Elton, Gregore e Eric Ramires (Guerra); Elber, Arthur e Gilberto (Fernandão) T.: Roger Machado

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 28.838 pessoas (26.674 pagantes)
Renda: R$ 892.916
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Correa (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Cartões amarelos: Leonardo (GRE); Moisés, Lucas Fonseca (BAH)
Gols: Everton, aos 46min do primeiro tempo (GRE); Gilberto, aos 3min do segundo tempo (BAH)

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube