Fechar

logo

Fechar

Dois candidatos disputam mandato tampão para presidência do Campinense

Da Redação. Publicado em 27 de dezembro de 2020 às 8:10.

Foto: montagem/Paraibaonline

Fotos reprodução: Gonzada e Phelipe disputam o pleito de hoje

Com um vice-campeonato paraibano e um fiasco na Série D do Brasileiro, o Campinense encerra a temporada 2020 neste domingo, com a escolha da nova diretoria executiva, cujo cargo de presidente ficou vago depois da renúncia de Paulo Gervany.

O pleito acontece das 8h às 18h no Estádio Renatão. Duas chapas concorrem na disputa para saber quem vai assumir os destinos do clube até o final do próximo ano, ou seja para um mandato tampão.

Os concorrentes são: Carlos Gonzaga, que pela segunda vez apresenta seu nome na disputa política do Campinense. Ele terá como candidato a vice Júlio César.

O outro é Phelipe Cordeiro, que terá como vice-presidente Júlio César da Cruz Silva. De acordo com o Conselho Eleitoral do clube, estão aptos a votar neste domingo os sócios-patrimoniais que estejam devidamente em dia com suas obrigações financeiras com o clube.

Ainda têm direito a voto os chamados sócios-remidos e os ex-presidentes do clube. A posse dos novos presidente e vice do Campinense está marcada para a próxima terça-feira, também no Alto da Bela Vista.

Chapa 1: “Ressurgimento Rubro-Negro”
Presidente: Carlos Gonzaga
Vice-presidente: Júlio César da Cruz Silva
Diretor do Departamento de Futebol: Sérgio Ricardo de A. Porto
Diretor do Departamento de Administração e Finanças: José Roberto R. Chicó
Diretor de Patrimônio: Saulo Miná

Chapa 2: “União Raposeira”
Presidente: Phelipe Cordeiro
Vice-presidente: Claudio de Oliveira Leôncio Pinheiro
Diretor do Departamento de Futebol: Rômulo de Freitas Farias
Diretor do Departamento de Administração e Finanças: Tiago de Pontes Guimarães
Diretor de Patrimônio: Felipe Araújo Lima

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube