Fechar

logo

Fechar

Diá reconhece partida ruim e coloca cargo à disposição no Campinense

Da Redação. Publicado em 13 de maio de 2019 às 11:05.

A novela da permanência ou não do técnico Francisco Diá teve mais um capítulo ontem, após a derrota do Campinense para o Jacuipense, pela segunda rodada do Grupo A-7 da Série D do Brasileiro.

Depois do time jogar mal, o treinador foi bastante vaiado pela torcida, com direito a coro de “burro” vindo dos torcedores que estavam na arquibancada do Amigão.

Na entrevista coletiva depois da partida, Diá fez mea-culpa em suas primeiras palavras.

– Quero pedir desculpa à torcida pela péssima apresentação. Na verdade, desde a minha chegada aqui, onde eu tive duas temporadas muito boas, eu acredito que hoje foi uma das piores apresentações de uma equipe comandada por mim. Eu fico triste pela torcida. Fizemos um treino coletivo ruim aqui, na sexta, e a apresentação de hoje também não foi boa. Não sei o que está acontecendo – disse Diá.

Em seguida o treinador foi questionado mais uma vez sobre sua permanência na Raposa, onde foi bicampeão estadual (2015 e 2016) e vice da Copa do Nordeste (2016).

Visivelmente incomodado e abatido, o comandante rubro-negro deixou seu futuro nas mãos da diretoria.

Foto: Paraibaonline

– O cargo está à disposição como sempre esteve em todos os clubes onde passei. Nós conversamos durante a semana e tinha ficado acertado que eu ficaria até o jogo do Náutico (quarta-feira, o segundo da pré-Copa do Nordeste 2020). Mas se a diretoria e a torcida acharem que estou atrapalhando, eu saio – afirmou.

No início da semana, o futuro presidente do clube, Erivaldo Ferreira, havia anunciado que tinha chegado a um acordo com Diá para que ele continuasse até o fim da Série D, fato que nunca foi confirmado pelo treinador.

Salários atrasados

Fato comentado pelo lateral direito Gustavo na saída do primeiro tempo do jogo contra o Jacuipense, o atraso de salários segue assombrando o ambiente rubro-negro.

Com um mês e meio a pagar, já que apenas 50% dos vencimentos de março foram depositados para o elenco, e o mês de abril venceu na última semana, segundo Francisco Diá, a diretoria prometeu regularizar a situação até a próxima quinta-feira (16), após o jogo contra o Náutico.

Ainda na coletiva, o treinador disse que é difícil que o time vá buscar reforços para a Série D, já que passa por dificuldades financeiras e os melhores jogadores já encontram-se empregados.

Share this page to Telegram
Matérias Relacionadas

2018 - Paraiba Online - Todos os direitos reservados.

BeeCube